Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Polêmica: Blogueiro bolsonarista Allan dos Santos surpreende ao anunciar que saiu do Brasil; veja vídeo

Em 'live', blogueiro bolsonarista criou teoria da conspiração e disse que estava no exterior, pois era “a única maneira de dar essa informação era fora do país”.

Investigado no inquérito das ‘fake news’, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos surpreendeu ao informar que fugiu do Brasil. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (31), em uma ‘live’ da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). Ele não especificou sua localização, porém Allan dos Santos acusou o ministro Luís Roberto Barroso de “prevaricação”. Após criar a teoria da conspiração e dizer que só estaria seguro no exterior para fazer tal denúncia, o blogueiro respondeu que não fugiu do pais, mas que saiu “pela porta da frente”.

Ele disse ainda que é “correspondente internacional”. Segundo o blogueiro, Barroso estaria ciente de que a China e a Coréia do Norte espionam o telefone do presidente Jair Bolsonaro, entretanto, não notificou Bolsonaro. “A esposa do Barroso tem data para fugir do Brasil”, afirmou. “Se alguma coisa acontecer comigo ou com minha família, só veio dessas pessoas e grupos: a embaixada da China em Brasília, da Coreia do Norte, em Brasília, do [advogado] Kakay, do Partido dos Trabalhadores, do Barroso ou do Alexandre de Moraes”, não tem como vir de outra pessoa”, disse o dono do site ‘Terça Livre’.

“Tô sim colocando minha vida em risco dando essa informação. A única maneira de dar essa informação era fora do país. Hoje, eu estou fora do país, seguro e tô aqui trazendo essa notícia pra vocês. Eles querem cassar o presidente Bolsonaro, estão fazendo escuta telefônica. Fizeram duas buscas e apreensões na minha casa para colocar escuta e ninguém teve duas buscas e apreensões. Na minha casa eu creio que foi a única”, completa Alan.

A transmissão teve participação do youtuber de extrema direita Bernardo Küster e do americano Ryan Hartwig. Hartwig é autor de uma suposta denúncia de censura do Facebook a “conservadores”. Küster também é investigado pelo STF no mesmo inquérito que Allan. Ambos tiveram suas contas bloqueadas internacionalmente no Twitter na quinta, dia 30 de julho, segundo determinação do ministro do Supremo Alexandre de Moraes. As informações são da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios