Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Pesquisa auxilia no acompanhamento escolar e emocional de estudantes durante isolamento em Rio de Contas

A pesquisa, coordenada pela professora de Biologia, Dilcileia Anjo dos Santos, buscou oportunizar a equipe escolar o alinhamento de atividades on-line, melhorando o atendimento e acolhimento a eles.

Um estudo diagnóstico realizado com os estudantes do Colégio Estadual Carlos Souto, no município de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, foi realizado com o objetivo de obter informações sobre saúde mental e de auxiliá-los no planejamento dos trabalhos pedagógicos e na compreensão de seus comportamentos e ações durante o isolamento social, provocado pela pandemia da covid-19. A pesquisa, coordenada pela professora de Biologia, Dilcileia Anjo dos Santos, buscou oportunizar a equipe escolar o alinhamento de atividades on-line, melhorando o atendimento e acolhimento a eles.

Questões como uso de máscara, preocupação com a família em relação ao vírus, nervosismo e finanças foram alguns dos itens pesquisados a partir de um questionário enviado para os grupos de ‘WhatsApp’ das turmas. “No decorrer dos dias, diante da crise sanitária inusitada e sem precedentes, percebi que era preciso a escola ouvir os estudantes. Selecionei algumas perguntas e preparei um questionário, a fim de obter informações de como poderíamos conduzir os trabalhos do colégio”, relata a professora Léia, como Dilcileia é chamada pela comunidade escolar.

Com o início das atividades remotas, a proposta que começou a ser desenvolvida no início do ano letivo tomou um novo formato e a pauta passou a ser trabalhada virtualmente. “Os estudantes foram orientados a pesquisar sobre a definição de vírus, surgimento e histórico do Coronavírus, transmissão, sintomas, diagnóstico, formas de prevenção, possíveis impactos do vírus no corpo, tratamento, tempo ativo do vírus em algumas superfícies e comorbidades”, enumera.

Os estudantes comentam que a experiência foi positiva, especialmente para o período de isolamento social. “Projetos como este que a professora Léia nos propôs, nos ajuda a compreender cada vez mais a situação e claro que acaba nos deixando mais calmos. Creio que todos os alunos gostaram da atividade e sinto que foi totalmente esclarecedora”, relata Giovana Souza Silva, 17, 3º ano.

O também estudante Erick Santos Melo, 15, 1º ano, fala do significado que a atividade teve neste período de isolamento. “A experiência que tive com este projeto foi muito importante e contribuiu muito para o meu aprendizado, pois, através do questionário, os professores tiveram um diagnóstico melhor de cada um, neste momento difícil que estamos passando”. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios