CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Moradores reclamam de aglomeração e mãe relata agressão ao filho cometida por pré-candidato em Lençóis

A mãe do garoto de 10 anos aponta que a criança foi agredida por um pré-candidato a vice-prefeito no município chapadeiro.

A campanha eleitoral nem bem começou e já tem denúncias de agressões no município de Lençóis, na Chapada Diamantina. O Jornal da Chapada recebeu vários vídeos de uma confusão ocorrida no final de tarde e início da noite do último sábado (5). Os vídeos mostram, em plena pandemia, o pré-candidato a vice-prefeito, senhor Marcos Vinicius (PSD), popularmente conhecido como ‘Kiko Tur Lençóis’, em uma aglomeração, com som alto e fogos de artifícios. As imagens mostram várias pessoas reclamando no bairro Alto da Estrela, onde a farra acontecia. Procurado pela reportagem, o caso foi refutado pelo pré-candidato que apresenta a versão diferente de Dona Tamara.

No vídeo é possível ouvir uma senhora acusando ‘Kiko’ de agredir seu filho de 10 anos. A senhora em questão é a dona Tamara, moradora e conhecida no município de Lençóis, cujo a família se originou ainda no tempo do garimpo. Em contato com o Jornal da Chapada, a senhora afirmou que ‘Kiko’ estava causando aglomerações com manifestações políticas. Como o município está fechado por conta da pandemia do novo coronavírus, registrando, conforme boletim deste domingo, um total de 136 casos de covid-19, ela pegou o celular para gravar a infração de ‘Kiko’ e denunciá-lo aos órgãos públicos, já que as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e da Secretaria Municipal de Saúde para o cidadão é denunciar qualquer um que desrespeite as normas sanitárias.

“Só começamos a gravar depois que ligamos várias vezes para a polícia e não atendia. Foi aí que começou a confusão. A mãe de ‘Kiko’, uma senhora idosa, e que gosta muito de confusão, todos em Lençóis sabem disso, me pegou pelo pescoço, estou cheia de marcas, pois além de ser surpreendida pelas agressões, jamais revidaria, pelo fato dela ser uma idosa. Foi aí que meu filho, de 10 anos, correu pra cima de mim e foi agarrado por trás pelo ‘Kiko’ que apertou seu pescoço e bateu em sua cara ferindo sua boca por dentro. Estou aqui para demonstrar minha indignação como mãe. Sou neta de garimpeiro e todo mundo me conhece em Lençóis. Eu estava trabalhando e pensando que estava fazendo o meu papel de cidadã já que a covid-19 tem causado vários prejuízos a Lençóis com milhares de mortes pelo Brasil”, declara dona Tamara.

Dona Tamara informou ainda que já registrou o Boletim do Ocorrência (BO) na Delegacia de Polícia de Lençóis, vai levar o caso ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público, para que enquadre ‘Kiko’ no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que completou 30 anos amparando e protegendo o menor. O Jornal da Chapada abre espaço para a defesa do contraditório e informa que tentou contato com Marcos Vinicius (Kiko), mas ele não respondeu até o fechamento desta matéria.

O outro lado
Por meio de nota de esclarecimento, Marcos Vinicius aponta que sua mãe de 69 anos foi vítima de agressões físicas, ao pedir às pessoas que faziam aglomeração que fizessem menos barulho, para não acordar o bebê recém-nascido e prematuro que havia na casa. “Minha mãe apelou para a sensibilidade das pessoas ali presentes para que fizessem menos barulho, de modo a não acordar o bebê. Isso foi o suficiente para se iniciar chingamentos (sic) e ofensas pessoais, até que não sendo o bastante, partiram para a agressão física com murros e chutes à minha mãe”, revela ‘Kiko’.

Ele ainda alega que não agrediu a criança e que se machucou ao tentar ajudar sua mãe. “Abracei então alguns dos agressores e retirei da proximidade de minha mãe. Nesse momento levianamente fui acusado de agredir um jovem, sendo que nem um empurrão realizei, ao contrário recebi murros, arranhões e pedradas, deixando um corte em minha testa”. Toda a nota de ‘Kiko’ foi descaracterizada por Dona Tamara. Ela aponta que o pré-candidato “sabe que fez besteiras e tenta se livrar das acusações”. A senhora ainda pede justiça e que não tem intenção de macular a imagem de ninguém. “Queremos que a sociedade e a justiça se pronunciem. O que ele fez é crime e não vou deixar passar”, completa.

Jornal da Chapada

Veja a nota de ‘Kiko’ na íntegra:

Amigos e amigas de Lençóis,

Venho a público esclarecer o episódio ocorrido na tarde de ontem (05/09), no qual minha mãe, uma senhora de 69 anos foi covardemente e fisicamente agredida por um grupo de pessoas ligadas à nossa oposição política na cidade.

Tudo se iniciou quando por volta de 14h esse grupo resolveu realizar uma festa em frente à residência de minha mãe, fazendo uso de bebidas, foguetes e algazarra, em plena pandemia.

Por estarmos com um bebê recém nascido e que nasceu prematuramente, recebendo maiores cuidados em casa, minha mãe apelou para a sensibilidade das pessoas ali presentes para que fizessem menos barulho, de modo a não acordar o bebê. Isso foi o suficiente para se iniciar chingamentos e ofensas pessoais, até que não sendo o bastante, partiram para a agressão física com murros e chutes à minha mãe. Por coincidência, eu passei pelo local nesse exato momento e ao ver aquela cena, corri para socorre-la.

Abracei então alguns dos agressores e retirei da proximidade de minha mãe. Nesse momento levianamente fui acusado de agredir um jovem, sendo que nem um empurrão realizei, ao contrário recebi murros, arranhões e pedradas, deixando um corte em minha testa. Existem várias testemunhas que presenciaram todo o fato, e que podem comprovar o que digo.

Minha mãe teve sua casa apedrejada, exatamente o quarto onde se encontrava o recém nascido e logo depois minha mãe e eu realizamos, exame de corpo de delito por solicitação da Polícia Civil, o qual servirá de prova para que os covardes agressores respondam na justiça por tamanha violência, bem como pela difamação à minha imagem.

Lamento profundamente que a política de Lençóis tenha descido a esse vídeo nível e peço a Deus que coisas assim não mais aconteçam. Respeito acima de tudo!

Marcos Vinicius (Kiko)

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios