Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Brigada que atuou na frente de combate a incêndios em Andaraí e Mucugê encabeça campanha para novos equipamentos

Em entrevista ao Jornal da Chapada, o presidente da Cifa, Homero Vieira, disse que o conceito de combate florestal no Brasil precisa ser repensado.

Sem apoio financeiro e em pleno cenário pandêmico, brigadistas voluntários da brigada de Combatentes a Incêndios Florestais de Andaraí (Cifa) se arriscaram durante cinco dias na missão de controlar incêndios florestais nas regiões entre Mucugê e Andaraí, na Chapada Diamantina. Por isso, uma campanha está sendo realizada para ajudar os voluntários a adquirirem novos equipamentos que ajudam no combate ao fogo.

As equipes dos combatentes trabalharam em parceria com a PrevFogo (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Corpo de Bombeiros por meio do do Sistema de Comando Incidente (SCI). Em entrevista ao Jornal da Chapada, o presidente da Cifa, Homero Vieira, disse que teve apoio estrutural e logístico da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Andaraí e da sociedade civil.

O presidente da Cifa, Homero Vieira, durante combate | FOTO: Divulgação/Instagram |

“Desde o primeiro dia a pasta de Andaraí nos aportou todos os recursos, como alimentação e transporte. E a sociedade civil contribuiu e muito para o combate, com apoio financeiro, verduras e comida também”, salienta. Vieira ainda diz que o conceito de combate florestal no Brasil precisa ser repensado.

“Todas as práticas são fundamentadas em cima de um paradigma, o combate, mas há uma estrutura que é formada para o combate ao incêndio florestal. O combate não é um procedimento, o combate é uma das ferramentas para alcançar o procedimento, que é o controle do incêndio florestal”, salienta Homero.

Campanha de apoio a brigadistas
A Cifa também encabeça uma campanha realizada pela ‘Chapada SUP Trip’, via plataforma ‘Kickante’, para que os brigadistas possam continuar atuando no combate a incêndios florestais na região da Chapada Diamantina. A ideia da proposta é investir em ‘soprador’, equipamento que torna o combate mais eficiente e menos desgastante.

Um brigadista com soprador equivale a 10 brigadistas com abafadores, conforme aponta o presidente d Cifa, Homero Vieira. Para contribuir com a companha dos combatentes voluntários, basta acessar este link.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios