Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Comunidade do Vale do Capão aponta para perigos da reabertura do turismo; moradora é agredida por visitante

A moradora que foi agredida por visitante, que estava sem máscara de proteção, relata com indignação o caso em redes sociais.

O distrito de Caeté-Açu, no município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, continua com a mobilização para assegurar que os moradores estejam seguros e os estabelecimentos cumpram com as exigências e protocolos de segurança previstos em situação de pandemia. Uma moradora foi agredida, na última segunda-feira (26), quando estava indo buscar seu almoço num estabelecimento e avistou um grupo de turistas vindo em direção ao restaurante em que a moradora estava. Ao observar que eles estavam sem máscara de proteção, a moradora se afastou.

A mulher observou que o estabelecimento não estava preparado e não atendia aos protocolos de segurança, por não ter ainda ajuda dos gestores do distrito mobilizados a controlar a entrada de turistas no local e executar os protocolos contra a covid-19. Informações retiradas do site de notícias local, ‘Stricto Capão’ detalham o caso. Ao pedir que o turista colocasse a máscara, a moradora foi agredida por ele que estava acompanhado da sua mãe.

Mobilização da comunidade

“Isso que aconteceu, deixa escrachadamente o despreparo da comunidade e a hipocrisia do ser humano sem contar com a falta de educação que acabou em agressão”, repudia a moradora. Vídeo produzido pelo Coletivo Juventude e Ação, ‘Não Venha Não’, em parceria com a dramaturga Loy de Andrade e o Conselho de Gestão, explica os motivos pelo quais os moradores não querem a reabertura do ponto turístico baiano.

O vídeo tem a colaboração de moradores e de forma lúdica, pede a todos, inclusive aos proprietários de estabelecimentos, que não permitam a entrada do turista para que não ocorra a infecção pelo novo coronavírus. “O Vale do Capão é um local onde muitos idosos e crianças vivem em comunidade, podendo transmitir de forma rápida o vírus se continuar com a entrada de turistas e prejudicar muito o local”, afirma um outro morador. Jornal da Chapada com dados do site ‘Stricto Capão’.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios