Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Chapada: Jovem de Iaçu agredida pelo ex-namorado com paralelepípedo consegue medida protetiva da Justiça

O documento do Poder Judiciário consta que as condições da medida proíbe o contato do adolescente com a vítima e familiares por qualquer meio, ainda que por terceiras pessoas.

Depois de ser atingida por um paralelepípedo jogado pelo ex-namorado, uma adolescente de 16 anos residente do municípios de Iaçu, na Chapada Diamantina, teve a sua medida protetiva de urgência concedida pela Justiça nesta quarta-feira (28). A informação foi confirmada ao portal G1 pelo delegado Ítallo Bruno Araújo, responsável pelo caso.

Segundo informações concedidas pelo delegado, o ex-namorado (de 17 anos) responde em liberdade e caso haja o descumprimento de qualquer condição imposta na medida, é autorizado o uso de força policial e a decretação da internação provisória do adolescente.

O documento do Poder Judiciário do Estado da Bahia consta que as condições da medida proíbe o contato do adolescente com a vítima e familiares por qualquer meio, ainda que por terceiras pessoas; o adolescente fica proibido de se aproximar da vítima e das testemunhas constantes na representação do caso, pelo limite mínimo de 100 metros; e está proibido de frequentar as proximidades da residência da vítima, casa religiosa ou qualquer outro lugar que ela frequente habitualmente.

A medida protetiva tem prazo de seis meses, tempo para conclusão da representação do caso, quando será avaliada a necessidade de manter a medida protetiva ou revogá-la, informou a Justiça.

Caso de agressão
De acordo com relatos da vítima, ela saiu com um grupo de amigos para uma pizzaria no dia 17 de outubro e, na volta para casa, o ex-namorado apareceu de surpresa e cometeu a agressão. A adolescente ficou com ferimentos no queixo e no ombro.

O caso foi registrado na delegacia da cidade, onde os dois adolescentes foram ouvidos. O garoto foi liberado logo após o depoimento e a polícia informou que, como envolve dois menores de idade, o caso foi encaminhado ao Ministério Público para que seja enquadrado na Lei Maria da Penha.

Em entrevista à TV Subaé, afiliada da Rede Bahia, o tio do jovem disse que ele não tinha intenção de acertar a adolescente, mas um amigo dela que o estava agredindo. Jornal da Chapada com informações do G1.

Leia também

#Chapada: Adolescente é agredida pelo ex-namorado com paralelepípedo e sofre ameaças em Iaçu

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios