CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

#Chapada: Confusão em seções, poluição visual e boca de urna marcam as primeiras horas de votação em Itaberaba

Os maiores colégios eleitorais da sede, Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães e Colégio Estadual, a partir das 6h30 já estavam com filas enormes de eleitores de todas as faixas etárias.

E o domingo de eleição amanheceu sereno em Itaberaba, município portal de entrada da Chapada Diamantina. Neste 15 de novembro, dia da Proclamação da República, a população tem a opção de voto em quatro candidatos de coligações que disputam a prefeitura, além dos postulantes às 15 vagas da Câmara de Vereadores.

Os maiores colégios eleitorais da sede, Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães e Colégio Estadual, a partir das 6h30 já estavam com filas enormes de eleitores de todas as faixas etárias. Como este ano, devido à pandemia da covid-19, o horário entre 7h e 10h foram preferencias para grupos de risco como idosos, gestantes, e outros eleitores com comorbidade.

O Colégio Centenário, que fica na Urbis, também amanheceu com grande fluxo de eleitores de todas as faixais etárias. A votação começou em algumas seções do Centenário no horário, ou seja, 7h.

Confusão
No Colégio Centenário, a reportagem do Jornal da Chapada constatou uma grande confusão com eleitores a procura da sua seção de votação. O fato ocorreu depois que o Justiça Eleitoral da 42ª Zona, com sede na comarca de Itaberaba, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devido ao reduzido número de urnas eletrônicas, conjugou algumas seções, além de redistribuir os eleitores de determinadas seções.

Isso resultou que algumas seções se esvaziassem e outras se completassem até o limite máximo estabelecido. “Eu mesmo pensava que votava aqui, mas consultando a relação fornecida aos fiscais e mesários pela equipe do Jornal da Chapada, descobri que a minha sessão está no Jardim das Palmeiras”, disse uma senhorinha que aguardava na fila do lado de fora do Colégio Centenário para votar.

Vale salientar que a lista que a senhorinha se referiu foi a fornecida pelo Cartório Eleitoral, mas prevendo a confusão, o Jornal da Chapada xerocou centenas e distribuiu hoje entre mesários e fiscais. Porém, ainda assim a confusão continua, já que algumas seções como a 101 e a 298, não constam na relação.

Outro fato que chamou a atenção foi o constrangimento com a escancarada atuação de cabos eleitorais com famigerada prática de ‘boca de urna’. E o que chamou a atenção, foi o derrame de santinhos dos candidatos por todas as ruas da cidade chapadeira.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios