CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop

#Vídeo: Bolsonaro anda de porta aberta e corpo para fora do carro em meio a xingamentos e ofensas durante visita ao Amapá

O presidente declarou na capital que os afetados no estado serão compensados na conta de luz.

Em sua visita a Macapá, no último sábado (21), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desfilou pelas ruas da cidade com a porta do carro aberta e com o corpo para fora. Enquanto a comitiva passava, o presidente ouviu xingamentos, segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

O Amapá chegou ao 20º dia de apagão. Bolsonaro declarou na capital que os afetados no estado serão compensados na conta de luz. Em sua manobra no carro, o presidente estava com um segurança, que ficou atrás dele, com o pé na porta, protegendo suas costas.

Segundo o artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro, “conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo” é infração grave, passível de multa e retenção do veículo. Durante o périplo no veículo, o presidente foi chamado de “miliciano” e recebeu xingamentos de baixo calão.

Os motoristas de carros que seguiram a comitiva também são ofendidos, classificados como “gado”. Esta não é a primeira vez que Bolsonaro se envolve em episódio de infração de trânsito em público. Em abril de 2019, ele deu volta de moto por Guarujá (SP) e cometeu infração gravíssima ao pilotar com capacete apoiado na testa.

Meses depois, em agosto, andou de jet ski no Lago Paranoá, em Brasília, e disse ter “carteirinha de arrais-amador”. Pelas regras atuais, a habilitação “arrais-amador” não é válida para a categoria de moto aquática, como é denominado o jet ski pela Marinha.

A instituição disse, contudo, que a situação de Bolsonaro era regular com base em uma normativa. Assim, ele não teria agido fora das regras na ocasião. Com informações da Folha de São Paulo.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios