AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Secretaria de Infraestrutura de Nova Redenção é invadida e prejuízo causado por vândalos é avaliado em mais de R$50 mil

O ato de vandalismo custou o derramamento de mais de 15 mil litros de óleo asfáltico - que seriam utilizados para pavimentação de vias.

O prédio onde funciona a Secretaria de Infraestrutura do município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, foi invadido na madrugada desta terça-feira (24) por pessoas ainda não identificadas. De acordo com informações apuradas pelo Jornal da Chapada, os vândalos derramaram mais de 15 mil litros de óleo asfáltico – que seriam utilizados para pavimentação de ruas.

O prejuízo, conforme a prefeitura municipal, foi estimado em mais de R$50 mil. De acordo com o secretário de Governo, Ivan Soares, os invasores ainda entraram no Centro de Convivência Adenir Alves Nascimento (CCS) e amassaram um veículo.

“Já comunicamos o fato à Secretaria Estadual de Segurança Pública [SSP-BA) e à Polícia Militar. Os crimes serão elucidados por meio de investigação e perícia técnica“, ressalta o titular. Ivan informa ainda que a segurança pública do município tem sido um problema em razão da falta de agentes policiais.

“Houve uma reforma na delegacia, e ela está equipada, precisamos apenas de um delegado que compareça constantemente na cidade, pois ele só vem uma vez na semana, e o escrivão é funcionário fixo da prefeitura. A delegacia já foi inaugurada há um ano e não teve nenhum preso. Os presos são transportados para a delegacia de Seabra, o que é um absurdo”, completa Ivan Soares.

Ainda conforme apuração do Jornal da Chapada, a prefeita reeleita do município de Nova Redenção, Guilma Soares (PT), vai requerer uma audiência com o secretário estadual de Segurança Pública, Mauricio Barbosa, para tratar o caso com a devida atenção.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios