AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Lençóis também começa a vacinar profissionais de saúde contra covid após receber 50 doses da CoronaVac

Devido à pequena quantidade de doses recebidas, fruto da divisão proporcional das seis milhões de doses disponíveis em solo nacional para todo o país, o município precisou replanejar a primeira fase da vacinação.

Em ato simbólico, realizado na última quarta-feira (20), o município de Lençóis, na Chapada Diamantina, também começou o processo de vacinação contra a covid-19. As primeiras pessoas a receberem a primeira dose da vacina CoaronaVac foram duas idosas e uma profissional da Saúde, que atua na linha de frente contra a doença – que já matou mais de 214 mil pessoas no Brasil. Foram recebidas 50 doses nesse primeiro momento. Conforme foi publicado pela assessoria, a secretária municipal de Saúde, Eneida Moraes, aponta que a estratégia de vacinação seguirá à risca o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde (MS).

“Porém, devido à pequena quantidade de doses recebidas, fruto da divisão proporcional das seis milhões de doses disponíveis em solo nacional, o município precisou replanejar a primeira fase da vacinação, contemplando principalmente os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à doença”, disse em nota a titular. A Secretaria de Saúde reforça, que assim que chegarem mais doses será concluída a primeira fase, que inclui todos os idosos a partir de 75 anos e demais integrantes do primeiro grupo.

“Assim que forem vacinados os integrantes do primeiro grupo prioritário, será iniciada a segunda fase da vacinação, que contemplará os idosos de 60 a 74 anos em qualquer situação. Em seguida, já na terceira fase, serão vacinadas pessoas maiores de 18 anos com condições de saúde relacionadas a casos graves da covid-19, as chamadas comorbidades”, frisa a secretária de Saúde, na nota publicada nas redes.

A secretária municipal, Eneida Moraes, aponta que a estratégia de vacinação seguirá à risca o plano do Ministério da Saúde | FOTO: Divulgação/PML |

Conforme o PNI, a quarta fase atenderá os profissionais da educação, das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade, além de pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência institucionalizadas, pessoas com deficiência permanente severa, caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário. Para a prefeita Vanessa Sena (PSD), é imprescindível concentrar os esforços do poder público para conseguir mais doses da vacina, de forma que toda a população seja imunizada.

“Entendo que todos querem receber a vacina o quanto antes, afinal estamos iniciando um processo que vai devolver a nossa liberdade de ir e vir, de estarmos juntos, de confraternizarmos, de recebermos os nossos turistas com um abraço apertado e, principalmente, de vivermos sem essa tensão entorno da nossa saúde e da saúde das pessoas que amamos. O desejo é vacinar todo mundo o mais breve possível e estamos lutando para isso. Estou em contato constante com lideranças políticas do Estado e da Federação para garantir esse direito ao povo. Por enquanto, vamos manter os cuidados de prevenção, higienizando as mãos, usando a máscara e mantendo o distanciamento social na medida do possível”, comenta a gestora. No boletim epidemiológico da quinta-feira (21), Lençóis registrou 505 casos confirmados, sendo cinco ativos, 493 curados e sete óbitos por complicações da covid-19.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios