CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Brasil: Lula diz que “se não for candidato”, estará “inteiro para ser cabo eleitoral” para derrotar Bolsonaro

Para concorrer, o petista dependerá de uma decisão do Supremo Tribunal Federal que restabeleça seus direitos políticos.

O ex-presidente Lula não confirmou na última quinta-feira (18) que pretende se lançar candidato à Presidência em 2022, mas disse que, “se for necessário para derrotar o bolsonarismo”, ele se colocará “à disposição”. Para concorrer, o petista dependerá de uma decisão do Supremo Tribunal Federal que restabeleça seus direitos políticos.

“Vai depender das circunstâncias políticas e em que momento for decidido. Vai depender do PT, das candidaturas, das alianças políticas que a gente for fazer, se vai ser necessário ou não eu ser candidato”, declarou Lula em entrevista ao UOL. “Eu já fui presidente, não necessariamente preciso novamente ser presidente.”

Segundo ele, é necessário haver “uma razão maior” para que sua participação na corrida eleitoral. “Eu tenho certeza de que, se for necessário para derrotar o tal bolsonarismo, não tenha dúvida nenhuma de que me colocarei à disposição”. Do Metro1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios