CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoTop
Trending

#Brasil: Major Olímpio morre de covid-19 após 16 dias internado; ele é o terceiro senador vítima da doença

Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e José Maranhão (MDB-PB) também tiveram mortes causadas pelo novo coronavírus. Presidente do Senado decretou luto oficial nesta quinta.

Com morte cerebral decretada nesta quinta-feira (18), o senador Major Olímpio (SP) é a terceira vítima fatal da Covid-19 entre os parlamentares do Senado desde o início da pandemia. Olímpio, de 58 anos, estava internado desde o início do mês em um hospital na cidade de São Paulo, mas não resistiu ao agravamento da doença. O senador faria 59 anos no próximo sábado (20).

A morte cerebral foi informada em uma rede social. Na mensagem, a equipe do parlamentar informou que aguardava a confirmação do óbito e a avaliação para possível doação de órgãos. Em outubro de 2020, morreu no Rio de Janeiro o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ). O político tinha 83 anos e também foi vítima da Covid-19. O vírus provocou ainda a morte de José Maranhão (MDB-PB), senador mais idoso em atividade à época. Ele tinha 87 anos quando faleceu, no mês passado.

Luto oficial
Em razão da morte cerebral de Major Olímpio, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), decretou luto oficial por um dia na Casa. No ato, Pacheco determinou a suspensão das atividades legislativas e a colocação da bandeira nacional a meio-mastro. Ficaram proibidas quaisquer celebrações, comemorações ou festividades no âmbito do Senado no período, mas mantidas as reuniões internas de trabalho.

Suplentes
Para a vaga de Olímpio, deve ser convocado o primeiro suplente do parlamentar. Trata-se do empresário Alexandre Luiz Giordano. Em 2018, Giordano, que também é filiado ao PSL, declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 1,5 milhão em bens. O segundo suplente na chapa é o atual ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).

Por ocasião da morte dos outros dois senadores durante a pandemia da Covid-19, assumiram vagas no Senado Carlos Portinho (PSD-RJ), suplente de Arolde de Oliveira, e Nilda Gondim (MDB-PB) em substituição a José Maranhão. Do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios