CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Caçada: Após tiroteio, ‘serial killer do DF’ consegue fugir em mata de Goiás e pode estar ferido, afirma secretário

Novo confronto aconteceu dois dias após troca de tiros entre Lázaro e policiais.

Após um tiroteio que aconteceu por volta de 17h na última quinta-feira (17), Lázaro Barbosa, 32 anos, suspeito de mortes em série na Bahia, Goiás e Distrito Federal, conseguiu fugir pela mata, em Cocalzinho de Goiás. Segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, ele pode estar ferido. O novo confronto aconteceu dois dias após os policiais trocarem tiros contra ele, durante o resgate de uma família que foi feita de refém.

“Cão farejador achou pano ensanguentado, pode ser até um ferimento grave. Ele tentou acertar um dos cachorros, policiais visualizaram e revidaram. Ele entrou em uma vala e depois, provavelmente, na água, e os policiais perderam o rastro dele”, disse o secretário.

Os moradores locais relatam ter ouvido mais de 50 disparos. Conforme o secretário, durante a perseguição, o suspeito tentou atirar contra os cães farejadores.

“Veio a notícia que houve um disparo contra a equipe da polícia, que revidou em um milharal. Ele [Lázaro] desceu e foi para a mata, que é o padrão dele. O cão e o Bope foram atrás. Lá embaixo, ele tentou atirar no cão. Os policiais revidaram e ele entrou em uma vala com água e os policiais perderam a pista dele”, disse.

O secretário disse que Lázaro ainda deve estar escondido na mesma região onde aconteceu o confronto. Porém, nenhuma hipótese está descartada. “Nossa inteligência apontou que ele está naquela região [do tiroteio]. Botamos algumas equipes para entrar com visão noturna, mas o terreno é muito acidentado e difícil”, explicou.

Mais de 300 policiais estão no 10º dia de buscas pelo suspeito. O secretário chegou a anunciar que as equipes da Força Nacional reforçariam as buscas, que foram autorizadas por Bolsonaro.

A Força Nacional é composta por policiais militares, civis, bombeiros militares e peritos dos estados e do Distrito Federal, além disso, atua na preservação da ordem pública, segurança das pessoas, patrimônio e calamidades.

Miranda afirmou ainda que Lázaro está a cada dia mais cansado. “Não há nada de audacioso na conduta desse psicopata. Ele está fugindo, está na zona de conforto dele. Estamos apertando e ele está espirrando para onde ele pode”, disse, ao relembrar que quando esteve foragido na Bahia, chegou a ficar por 15 dias sem alimento. “E só foi preso porque estava baleado”, pontuou o secretário.

‘Quero é que ele seja preso’, diz mãe de Lázaro Barbosa
“O que eu mais quero é que ele seja preso, para ele esclarecer todas as verdades”, disse Eva Maria de Souza, mãe de Lázaro Barbosa. Ela acredita que o filho cometeu os crimes nos quais já foram confirmados.

“Eu acredito naquilo que tem certeza, que teve digital, como lá na casa, que pegaram a digital dele, aí sim tenho certeza”, disse a mãe de Lázaro Barbosa.

“O que está acontecendo não foi coisa que veio da mente dele não. Isso é uma coisa que perturba ele, depois da perturbação sai, aí é a hora do arrependimento”.

Ela, que não vê Lázaro há dois anos, afirmou que acredita que o filho está sendo perturbado por um “demônio”. “Eu acho assim, que é um demônio, um demônio que perturba ele”, pontuou. Jornal da Chapada com informações de G1 e Acesse Política.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios