CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Renan Calheiros sobre Bolsonaro em hospital; “Avaliar check-up psiquiátrico junto ao intestinal”

Relator da CPI do Genocídio no Senado deu dica para junta médica que acompanha presidente, que segue internado no luxuoso Hospital Vila Nova Star.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), que é relator da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – do Genocídio, questionou nesta sexta-feira (16) se não seria o caso da junta médica que acompanha a internação de Jair Bolsonaro realizar um check-up psiquiátrico em conjunto com a avaliação intestinal do presidente.

“Se há uma unanimidade no Brasil é: o presidente tem de estar internado. Melhoras! Mas quando tuíta e ataca a CPI, é de se avaliar se a psiquiatria não deveria se somar ao check up intestinal”, aconselhou o senador alagoano.

Bolsonaro, que segue internado no luxuoso Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, desde a noite de quarta-feira (14), após postar mensagens dramáticas e de forte apelo emocional aos seguidores, em tom de despedida, e de posar para uma foto com ar moribundo, no leito do centro médico, agora publica imagens sorridentes, passeando pelos corredores do local e ao lado de outros pacientes, sempre sem máscaras.

O problema de saúde do ocupante do Palácio do Planalto, que segundo as informações oficiais é uma obstrução intestinal, não foi o suficiente para fazê-lo abandonar o tom agressivo e pouco educado habitualmente usado para atacar outros poderes da República e adversários políticos.

Depois de culpar o PT e PSOL por sua enfermidade, ontem o presidente atacou os senadores da CPI do Genocídio, que investigam as ações de seu governo durante a pandemia da Covid-19 e que já revelaram vários casos de corrupção envolvendo figuras importantes do Ministério da Saúde, civis e militares, assim como ele próprio, que enfrenta uma ação movida pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que corre no Supremo Tribunal Federal (STF), na qual é acusado de ter cometido o crime de prevaricação.

“No circo da CPI Renan, Omar e Saltitante estão mais para três otários que três patetas”, escreveu Jair Bolsonaro em seu perfil oficial no Twitter, ainda na noite de quinta-feira (15). Interlocutores e analistas políticos suspeitam que a mensagem pode ter sido postada por seu filho Carlos, o Carluxo, que recorrentemente opera as contas e canais digitais do pai. A redação é do site da Revista Fórum.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios