CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Residentes da cidade de Rio do Antônio passam a contar com serviço de coleta e tratamento de esgoto

Mais de 3.500 pessoas passam a ser beneficiadas com o empreendimento.

Os residentes do município de Rio do Antônio, na Chapada Diamantina, agora contam com serviço de coleta e tratamento de esgoto, em razão da implantação de sistema de esgotamento sanitário (SES). Mais de 3.500 pessoas passam a ser beneficiadas e o empreendimento tem capacidade para atender 80% das áreas ocupadas da sede municipal, com a gradativa instalação dos pontos de ligação dos imóveis à rede pública coletora implantada.

De acordo com informações da Empresa Baiana de Águas e Saneamento, atualmente o sistema atende os imóveis dos bairros ‘Xavier’, ‘Estação’, e parte dos imóveis dos bairros da ‘Subestação’, ‘Lagoa do Barro’, ‘Umbuzeiro’ e centro da cidade. As intervenções programadas para aumentar o número de ligações na rede pública de esgoto visam contribuir para a despoluição do rio do Antônio, afluente do rio de Contas, e da Lagoa do Cunha, ambos localizados no perímetro urbano do município.

O SES inclui 20.000 metros de rede coletora, quatro estações elevatórias, 2.700 metros de linha de recalque (tubulação que transporta efluente bombeado), uma estação de tratamento de esgotos, um emissário de 1.500 metros, além de 3.300 metros de ramais prediais (tubulação onde é feita a ligação da rede interna do imóvel à rede pública).

Embora o SES já tenha sido concluído e esteja em operação, foi providenciada uma contratação complementar, já em fase de conclusão, para, entre outros serviços, executar mais 3.340 metros de redes coletoras e 145 metros de ramais prediais. Nessa etapa, ocorre a complementação da obra nos bairros da ‘Subestação’, ‘Lagoa do Barro’, ‘Umbuzeiro’ e no centro da cidade, além de atendimento ao bairro ‘Alto da Lagoa’. Jornal da Chapada com informações de Embasa e G1 Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios