Julgamento da desembargadora Telma Brito é adiado pela 16ª vez

Postado em jul 17 2014 - 5:35pm por Jornal da Chapada
telma

Ex-presidente no Tribunal de Justiça da Bahia, Telma Laura Silva Britto | FOTO: Jornal da Chapada |

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) adiou, na quarta-feira (16), o julgamento de um dos processos disciplinares administrativos contra a desembargadora Telma Britto, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O processo, que apura se houve infração disciplinares, foi adiado pela 16ª vez – a primeira foi em 23 de outubro do ano passado. O relator é o corregedor Francisco Falcão. Nas outras oportunidades o CNJ atribuiu a grande quantidade elevada de processos na pauta como motivo dos adiamentos. Ontem não houve justificativa, segundo revela o colunista Jairo Júnior (Correio).

Telma Britto é alvo de mais três processos para avaliar sua conduta e foi afastada no mês de novembro de 2013, por decisão do CNJ, para investigar o pagamento inflacionado de precatórios no valor de quase R$ 450 milhões. O último presidente do Judiciário baiano, Mario Alberto Hirs, também foi afastado pelas mesmas suspeitas. A magistrada tenta retornar ao cargo por meio de liminar impetrada no Supremo Tribunal Federal (STF). Com informações do Bocão News e do jornal Correio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.