Valmir emite carta aberta a Dilma e Aldo pedindo Conferência Nacional de Futebol

valmir

O deputado Valmir Assunção | FOTO: Agência Câmara |

O deputado Valmir Assunção (PT-BA), em pronunciamento na Câmara Federal, na última segunda-feira (14), rebateu as críticas direcionadas à presidente Dilma Rousseff (PT) a respeito da derrota da Seleção Brasileira de futebol na Copa do Mundo para a Alemanha, que tirou a equipe canarinho da disputa do hexacampeonato. O parlamentar também sugeriu à presidente da República e ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a criação de uma conferência para debater o esporte no Brasil e destacou a atuação do governo federal na organização do evento, que superou todos os pessimistas e transformou o evento na melhor Copa da história.

“Disseram que não teria Copa, mas teve. Disseram que não teria mobilidade, e todos os turistas elogiaram o metrô de Salvador e outras obras nas capitais sedes do torneio. Como não conseguiram desmoralizar o evento, agora querem jogar a culpa da derrota da seleção em Dilma. O que eu não admito ouvir esta semana aqui na tribuna é a direita, aquelas aves de agouro, culpando a presidenta porque a seleção não foi campeã. A presidenta da República não é treinadora, não escolheu o treinador. A presidenta não é presidente da CBF [Confederação Brasileira de Futebol]”, dispara Valmir.

Para o deputado, é preciso fazer uma grande modificação no futebol brasileiro. “Temos de aproveitar este momento para podermos criar meios de dar transparência ao futebol. É preciso fortalecer o trabalho de base. Sugiro, inclusive, à presidente da República a construção de uma Conferência Nacional de Futebol, do mesmo jeito que fizemos a conferência da saúde e da educação, para discutir com todos os segmentos da sociedade o futebol, que é uma paixão da população”, completa.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.