Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Brasil x Argentina: Tardelli faz 2 e Lionel Messi perde um pênalti

brasil
Os jogadores da Seleção comemoram: Brasil 2 no Ninho do Pássaro | FOTO: Reprodução |

Foi 2 a 0. E em cima da Argentina (vice-campeã mundial na Copa do Mundo 2014) e que venceu a campeã Alemanha, depois, por 4 a 2. Mais: a vitória na China deu ao Brasil o título de Tricampeão do Superclássico das Américas. E ainda mais: Messi perdeu um pênalti, bem defendido pelo goleiro Jefferson. Também de técnico novo, a seleção da Argentina era considerada favorita, por ter um time pronto e pelo fato de o Brasil estar se remontando. E começou melhor, com mais posse de bola (duas vezes mais que a do Brasil), mas aos poucos a Seleção Brasileira, bem postada, foi equilibrando o jogo.

Logo no primeiro minuto os argentinos colocaram em prática uma jogada ensaiada e quase surpreendem. Aguero recebeu lançamento de longa distância, feito por Di Maria, dominou dentro da área, mas chutou para fora. Outra chance surgiu aos 9 minutos. Messi passou por Filipe Luís e lançou Di María, que foi até a linha de fundo e rolou para Aguero na entrada da área, chutar por cima do gol. Com 70% de posse de bola, a Argentina parecia perto do primeiro gol, mas aos 28 minutos a zaga da Argentina afastou mal um lançamento dentro da pequena área, a bola sobrou para Diego Tardelli e o atacante chutou cruzado, de primeira. Bola na rede, e o primeiro gol do atacante com a camisa da Seleção.

Aos 33 minutos Neymar perdeu o gol mais feito. O atacante do Barcelona fez fila, invadiu a área, deixou o goleiro no chão, e deu um chute bisonho. A bola nem chegou a sair de campo. Se Neymar perdia gol, do lado do Brasil, Messi fez ainda pior. Aos 41 minutos, cobrando pênalti, bateu para defesa do goleiro Jefferson. No segundo tempo o Brasil, que já havia terminado a etapa inicial jogando melhor que a Argentina, voltou com domínio ainda maior. O segundo gol estava mais perto, e veio aos 9 minutos, de novo com Tardelli.

Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada na primeira trave por Filipe Luiz e Diego Tardelli completou de cabeça para fazer 2 a 0. Daí em diante, com duas linhas de 4 jogadores, ficou difícil para a Argentina chegar. E aos 36 minutos Neymar perdeu outro gol. Recebeu nas costas da defesa e ao tentar encobrir o goleiro Romero mandou por cima da trave. Kaká entrou no final do jogo e se movimentou bem. Robinho também apareceu, aos 51 minutos, tocou na bola e acabou a partida. O resultado deu ao Brasil o tricampeonato do Superclássico das Américas – 2011, 2012 e 2014.

Ficha técnica
Brasil – Jefferson; Danilo, David Luiz, Miranda e Filipe Luis; Luiz Gustavo, Elias, Willian e Oscar; Diego Tardelli e Neymar.

Argentina – Romero; Zabaleta, Demichelis, Federico Fernandez e Rojo; Pereyra, Mascherano, Di María e Lamela; Messi e Aguero.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios