Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Imbassahy diz que processo deixa “dramática” a situação da Petrobras

imbassahy
O deputado e líder do PSDB na Câmara Federal, Antonio Imbassahy | FOTO: Reprodução |

O líder do PSDB na Câmara Federal, Antonio Imbassahy, considerou nesta terça-feira (9) que a situação da Petrobras tornou-se ainda mais dramática diante da notícia de que um escritório de advocacia norte-americano entrou com uma ação coletiva contra a empresa por violar artigos da lei que regula o mercado de capitais dos EUA, emitir declarações falsas e não revelar a cultura de corrupção dentro da companhia, com um esquema multimilionário de lavagem de dinheiro e suborno desde 2006?. O escritório americano alega que esse histórico negativo tem prejudicado os acionistas da estatal brasileira.

Devido à grave crise que se abate sobre a Petrobras, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reforçou, ontem, o coro dos tucanos ao defender o afastamento da atual diretoria da companhia. Ele criticou o aparelhamento da máquina estatal, apontou o combate à corrupção como prioridade e, diante do escândalo da companhia, pediu a demissão da cúpula da Petrobras e a reformulação da estatal, a maior do país.

Há semanas Imbassahy vem cobrando, especialmente, a saída de Graça Foster da presidência da empresa. O parlamentar lembrou que Foster negou reiteradamente a existência de irregularidades na Petrobras. “Mentiu na CPI Mista ao dizer que não tinha nenhuma informação sobre o pagamento de propina feito pela SBM Offshore a funcionários da estatal”, destacou. “É péssimo para uma empresa do tamanho da Petrobras ter uma presidente na qual o subordinado não confia”, concluiu.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios