Leão, Negromonte, Argôlo e Roberto Brito são os baianos na lista da Lava Jato

Postado em mar 6 2015 - 10:56pm por Jornal da Chapada
leão - argolo -

Os políticos ainda não se pronunciaram sobre o caso | FOTO: Reprodução |

Quatro políticos baianos estão na lista da Operação Lava Jato formada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Três ex-parlamentares e um deputado federal eleito, João Leão (PP), que é o atual vice-governador da Bahia, o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Mário Negromonte (PP), além de Luiz Argôlo (PP, agora no SD), que não se elegeu no pleito de 2014 e o deputado federal Roberto Britto (PP). A relação de indiciados pelo relator do processo do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavaski, foi apresentada na noite desta sexta-feira (6), com poucos detalhes.

Para quem não sabe, Negromonte também foi ministro das Cidades no governo de Lula e Argôlo acabou como suplente da coligação dos partidos de oposição ao governo da Bahia. Os dois políticos são apontados nas delações do doleiro Alberto Youssef, considerado um dos operadores do esquema investigado pela Operação Lava Jato. Antes da divulgação dos dados pelo STF, ambos negaram qualquer envolvimento no desvio de recursos da Petrobras.

Já o vice-governador da Bahia, João Leão, é mais um que consta na lista de Janot. Segundo o STF, o político foi citado em delações premiadas na operação que apura desvios e superfaturamentos em contratos da Petrobras com empreiteiras. Outro quadro do PP baiano, que foi citado na lista do procurador-geral da República, é o deputado federal Roberto Britto.

Confira a lista completa.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.