Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

MPF brasileiro fará convênio com Suíça para acesso a dados bancários

MPF
O anúncio foi feito nesta segunda, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot | FOTO: Reprodução |

O Ministério Público Federal (MPF) assinará, na próxima quarta-feira (18), termo de cooperação com o Ministério Público suíço, que permitirá às autoridades estrangeiras acesso ao Sistema de Investigação de Movimentações Bancárias (Simba), desenvolvido no Brasil. O anúncio foi feito nesta segunda (16), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, durante reunião com representantes do MP paulista. Ele disse que “provavelmente” seja assinado o acordo para entrega do Simba. Instrumento que, segundo ele, nasceu da necessidade da atuação reta do Ministério Público para auxiliar o tratamento de dados bancários”.

O procurador assinou ainda um termo de cooperação técnica entre o Ministério Público da União (MPU) e o Ministério Público de São Paulo para ações coordenadas na identificação da origem e no rastreamento das armas de fogo fabricadas no país, bem como para a fiscalização de material explosivo. Uma das propostas do MPU é que toda arma produzida no Brasil tenha uma marca impossível de ser apagada, facilitando o rastreamento das armas utilizadas para a prática de crimes e para o comércio ilegal.

Pesquisa divulgada pelo MP-SP mostra que metade das armas apreendidas em situações de roubo e homicídio na capital paulista não podem ter o histórico revelado por causa da numeração raspada. O levantamento, feito em conjunto com o Instituto Sou da Paz, analisou 4.289 armas apreendidas nesses dois tipos de crime, na cidade de São Paulo, nos anos de 2011 e 2012. Da Agência Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios