Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Secretário Jerônimo Rodrigues responde qual será o destino da EBDA na Chapada Diamantina

foto1
O titular da SDR durante visita ao município de Boa Vista do Tupim | FOTO: Jornal da Chapada |

Após 50 anos de atuação efetiva na prestação de serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa agropecuária, o Governo do Estado da Bahia definiu pela extinção da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A. (EBDA). Segundo informações, a instituição será substituída pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (BAHIATER), no regime especial de administração direta, na estrutura da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

A decisão do governo tem levantado discussão sobre o assunto na Chapada Diamantina, principalmente em relação ao destino que o governo vai dar aos servidores da EBDA e aos Centros de Pesquisas como o do município de Utinga, onde foi implantado em fevereiro de 2011 uma unidade de coleta de sêmen com o objetivo de tornar acessível a genética de animais selecionados para agricultores familiares.

foto2
Secretário Jerônimo Rodrigues durante entrevista | FOTO: Jornal da Chapada |

A unidade atuava por meio do Programa de Melhoramento Genético da Pecuária Leiteira da Agricultura Familiar, beneficiando os municípios produtores de leite, como Alagoinhas, Barreiras, Caetité, Cruz das Almas, Feira de Santana, Itaberaba, Itabuna, Jacobina, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. Durante a visita do secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, ao município de Boa Vista do Tupim, no dia 15 de maio, o Jornal da Chapada procurou saber como o governo estadual tem atuado no caso da EBDA.

“Na reforma administrativa realizada em dezembro de 2014, a extinção da EBDA foi reprovada pela Assembleia Legislativa do Estado [Alba]. Ao assumir, o governador Rui Costa nomeou uma liquidante, Maria do Rosário Costa Muricy, que vem fazendo o processo em três frentes”. De acordo com Rodrigues, uma é o quadro dos funcionários, a EBDA possui um quadro de funcionários valiosos que o governador não quer perder e pediu para aproveitar essa massa pensante na SDR.

“Temos ordem também para contratar os técnicos competentes [que são muitos] para o trabalho de extensão rural. Estamos fazendo também um inventário do patrimônio do órgão. Já os Centros de Pesquisas como este que existe em Utinga, vamos tentar manter por meio de parcerias que podem até ser da prefeitura. Mas tudo isso depende da orientação da Procuradoria Geral do Estado [PGE]”, completa o secretário.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios