Fim de semana terá tempo chuvoso no litoral e baixas temperaturas na Chapada Diamantina

Postado em jul 23 2015 - 4:53pm por Jornal da Chapada
chapada

Nas regiões do São Francisco e faixa centro-oeste da Chapada Diamantina, uma massa de ar seco continua mantendo o céu ensolarado e sem chuvas | FOTO: Jornal da Chapada |

Para grande parte da Bahia, as condições do tempo previstas para os próximos dias não deverão ter mudanças significativas, principalmente, nas regiões oeste, norte, São Francisco e faixa centro-oeste da Chapada Diamantina e sudoeste, onde uma massa de ar seco continua mantendo o céu ensolarado e sem chuvas. Além de impedir as chuvas, a atuação dessa massa de ar também é responsável por elevar as temperaturas nessas áreas do estado, especificamente, no período da tarde, quando estas poderão chegar aos 34°C (máxima). Por outro lado, durante a noite e nas primeiras horas da manhã, o ar seco (típico do inverno) também favorece a queda dessas temperaturas, que podem chegar aos 12°C (mínima).

Essa condição de baixa umidade do ar (em torno dos 30%), somada às temperaturas elevadas, é considerada preocupante para a saúde da população, pois, segundo a Organização Mundial da Saúde, a taxa ideal deveria ser de 60%. Nesse caso, é recomendado se hidratar continuamente, ingerindo muito líquido. Essa condição de tempo quente e seco aumenta o risco de ocorrer queimadas e de intensificar focos já existentes. Assim, com a vegetação já ressecada, os cuidados devem ser redobrados quanto à utilização do fogo para algumas atividades, a exemplo da preparação do solo para o próximo plantio, bem como na renovação de pasto para os animais.

Por outro lado, na faixa leste do estado, que inclui as regiões do Recôncavo, nordeste, sul e faixa leste da Chapada Diamantina e sudoeste, os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico continuam contribuindo para a ocorrência de chuvas fracas. Além disso, uma frente fria que avança pela região sudeste do país poderá intensificar esses ventos, trazendo mais umidade do oceano para o continente e, consequentemente, mais chuvas. No entanto, as maiores chances de chuvas mais intensas são para as localidades mais próximas ao litoral.

Essa condição de tempo chuvoso também está colaborando para manter as temperaturas mais amenas nessa faixa do estado, onde estão previstas mínimas de 16°C (nas regiões sul e Recôncavo) e máximas de 30°C (na região nordeste). Além disso, os ventos mais fortes previstos para os próximos dias também deverão influenciar nas temperaturas, dando uma sensação de que está mais frio. Nas regiões da Chapada Diamantina e sudoeste, onde também há previsão de chuvas fracas, são esperadas as menores temperaturas doeEstado, com mínimas de até 9°C. É sempre bom frisar o alerta nessas regiões, pois, com essa condição de tempo frio e úmido, aumentam as chances de ocorrer neblina, sobretudo, durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã.

Para a cidade de Salvador e região metropolitana, onde as temperaturas deverão ter poucas mudanças (mínima de 21°C e máxima de 28°C), o tempo continua sendo influenciado pelos ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico. Com isso, o céu se manterá encoberto e chuvoso na maior parte do período.

Maré
Para o período entre sexta-feira (24) e domingo (26), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre 9h e 12h e entre 21h e 00h, com valores variando de 1,5 e 2,2 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre 3h e 6h e entre 15h e 18h, com valores variando de 0,6 a 1,1 metro. As ondas previstas para esse período deverão ter agitação de moderada a fraca, com altura máxima podendo chegar aos 2,5 metros.

Índice de Radiação Ultravioleta (IUV’s)
No inverno há uma redução na incidência de radiação solar no Hemisfério Sul, mesmo havendo predominância de céu com poucas nuvens. Consequentemente, ocorre também uma diminuição nos índices de radiação ultravioleta (IUV), como os que estão previstos para este final de semana na Bahia, quando deverão variar de 7 a 9. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes índices estão classificados nas categorias ‘alta’ e ‘muito alta’, o que requer cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários das 10h às 16h, quando os efeitos danosos à saúde são maiores. Para isso, a sugestão é utilizar protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.