CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Seleção brasileira se apresenta para últimos duelos do ano; Neymar está de volta

foto5
A chegada mais esperada, de Neymar, está marcada para acontecer apenas no final da tarde desta segunda | FOTO: Reprodução |

Parte do grupo convocado para os confrontos contra Argentina e Peru, nos dias 12 e 17 de novembro, respectivamente, já estão na concentração da seleção brasileira, em um hotel próximo ao aeroporto de Guarulhos. Dos 23 convocados, dez conseguiram se encontrar com a comissão técnica de Dunga, e o restante deverá chegar a São Paulo no decorrer desta segunda, quando acontecerá o primeiro treino da equipe. A maior parte dos jogadores que atuam na Europa, e que inclusive estiveram em campo no domingo, tem viagem marcada para esta segunda-feira, casos de Miranda, Filipe Luís e David Luiz. A dupla do Chelsea, Oscar e Willian, também é aguardada, assim como os santistas Lucas Lima e Ricardo Oliveira, que atuaram pelo Santos diante do Joinville, pelo Brasileiro.

A chegada mais esperada, de Neymar, está marcada para acontecer apenas no final da tarde desta segunda. Ao lado do colega de Barcelona Daniel Alves, o atacante, que volta à convocação da seleção após cumprir suspensão de quatro jogos – em decorrência da confusão na Copa América – deve participar apenas do segundo treino do grupo, já na tarde de terça-feira, também no centro de treinamento Dr. Joaquim Grava. A seleção brasileira realizará dois treinos no centro de treinamento corintiano, além de um trabalho na Arena Corinthians, antes de viajar a Buenos Aires, na tarde de quarta. Cientes disso, os selecionados alvinegros – Cássio, Gil, Elias e Renato Augusto – se apresentaram com folga à seleção após verem o título brasileiro adiado por mais uma rodada em virtude da vitória do Atlético-MG. Gil, inclusive, admitiu se sentir em casa com o fato de treinar no CT alvinegro.

Outros três jogadores que atuam no futebol brasileiro chegaram de forma antecipada à concentração, casos dos goleiros Jefferson – que viu o Botafogo ter o acesso adiado ao perder para o Criciúma no último sábado – e Alisson, arqueiro do Internacional, titular contra a Venezuela, além do lateral Douglas Santos. Do exterior, já chegaram o volante Fernandinho e o atacante Douglas Costa, que desembarcaram na parte da tarde.

Após o fim de temporada na liga norte-americana, com o Orlando City fora das fases finais, Kaká chegou ao hotel quando o sol ainda não tinha caído. Em busca de um gol para igualar Romário e Zico como maiores artilheiros do Brasil em Eliminatórias, o meia se sentiu honrado em ser lembrado para um clássico contra a Argentina, além do duelo contra o Peru, últimos embates do Brasil no ano.

“É um prazer e um privilégio servir à seleção em um jogo como esse. A Argentina vem de dois resultados negativos e vai querer buscar a vitória contra o Brasil. Temos esses dias para nos prepararmos bem. O próximo jogo pelas Eliminatórias vai ser só em março, então temos que terminar esse bloco somando pontos”, disse Kaká, presente na última vitória brasileira em solo argentino, em jogo que terminou 3 a 1, em 2009, e garantiu vaga à Seleção na Copa do Mundo da África do Sul. As informações são da ESPN Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios