Vale do Capão: Chamas seguem controladas e brigadistas revezam combate em diferentes áreas

Postado em nov 22 2015 - 8:28pm por Jornal da Chapada
foto5

Trabalho de rescaldo continua em diferentes áreas do Vale do Capão e fogo está controlado | FOTO: Divulgação/Bahia Drones |

Os focos de incêndios que atingem a região do Vale do Capão, município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, seguem sob controle e com brigadistas atuando no rescaldo. As informações são da Associação dos Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC), que emitiu boletim neste domingo (22) atualizando a situação do fogo no Vale. Conforme dados, a atuação começou com operações às 5h da manhã, quando a primeira equipe partiu em direção a um local conhecido por ‘Sela’ (Morro Branco – Larguinha) para controlar o fogo de turfa e fazer o trabalho de rescaldo.

“Graças aos esforços de nossos brigadistas, os focos continuam sob controle e com esperança de serem debelados ainda hoje [domingo] por nossas equipes e pela chuva”, aponta trecho de texto emitido pela associação. Neste domingo, a associação recebeu as doações que vieram dos municípios de Irecê e Itapetinga.

Durante a manhã, por volta das 11h deste domingo, a ACV-VC recebeu a notícia de que o fogo voltou com força na Serra da Moitinha (sul do Vale do Capão). “Emergencialmente, subiu uma equipe de cinco brigadistas da comunidade do Bomba, seguida de uma equipe de seis pessoas da brigada voluntária. Nesse mesmo horário enviamos para o Morro Branco [Sela] reforços e alimentação para os brigadistas que lá se encontravam”, aponta texto da associação.

Leia também:
Fogo na Chapada: Moradora do Vale do Capão afirma que fogo não está controlado
Fogo na Chapada: Rescaldo segue no Vale do Capão; ICMBio diz que 3,78% do Parque foi afetado
Fogo na Chapada: Incêndios ainda não foram controlados em Mucugê; suspeito é detido na região
Fogo na Chapada: Bombeiros de Brasília chegam à região para auxiliar nos combates
Fogo não está controlado; brigadistas combatem chamas dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina

Confira o vídeo com imagens aéreas feitas entre os dias 17 e 20, pela Bahia Drones:

Dificuldades
Os dados divulgados ainda dão conta que foi montada uma base de pouso do helicóptero do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) nos Campos, para que fosse feito o lançamento de brigadistas contratados na área do Morro Branco. “Os lançamentos só começaram por volta de 14h, em local diferente de onde se encontrava a nossa equipe [brigada ACV-VC], não dando apoio aos nossos brigadistas e dificultando a continuidade do trabalho, consequentemente, adiando o desfecho do combate e abrindo a possibilidade de reignição dos focos que já haviam sido debelados na Sela”.

Durante a tarde, o movimento das aeronaves foi intensificado e mobilizou os brigadistas contratados em locais distintos de onde estavam os brigadistas da ACV-VC. “Apesar da disponibilidade da aeronave, os brigadistas optaram por seguir a pé para ter a segurança de chegar a local mais adequado para o combate”.

Ajuda no combate
A nota da associação ainda cita a atuação na Serra da Moitinha, onde, na parte da tarde, uma equipe de 11 brigadistas voluntários seguiu para se juntar à equipe que já se encontrava em combate. “Apesar de terem seguido a pé, a aeronave do ICMBio fez o traslado da moto-bomba para o Córrego das Galinhas, com a finalidade de auxiliar o combate na Serra da Moitinha, facilitando o acesso à água por parte de nossa equipe”.

A ACV-VC informa que na noite deste domingo, às 19h, os brigadistas que estavam em combate no Morro Branco seguem em direção à Sede da associação e outra equipe de brigadistas, que está na Moitinha, continua no combate ao incêndio, ainda sem previsão de retorno. Jornal da Chapada com informações da ACV-VC.

Leia também:
Situação dos incêndios florestais na Chapada Diamantina será apurada pelos Ministérios Públicos
Secretário diz que incêndio na Chapada atinge 15 mil hectares: ‘Talvez não se possa superar’
Campanhas de universidades arrecadam doações para brigadistas que combatem o fogo na Chapada
Massa de ar quente volta a ganhar força e diminui a nebulosidade e chance de chuvas na Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

7 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.