É preciso superar ‘Fla-Flu’ entre Dilma e Cunha, diz Aécio Neves

Postado em dez 4 2015 - 3:55pm por Jornal da Chapada
foto5

O senador tucano, Aécio Neves (PSDB) | FOTO: Reprodução |

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), afirmou nesta sexta-feira (4), em Juiz de Fora (MG), ser preciso superar o “Fla-Flu” entre a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e iniciar a discussão, dentro do processo de impeachment aberto na Casa, se a presidente cometeu ou não crime de responsabilidade. O senador esteve em Juiz de Fora para participar de encontro regional do partido.

“O que temos que fazer é superar o Fla-Flu entre a presidente da República e o presidente da Câmara dos Deputados e discutir: houve crime?”, disse Aécio. “A presidente cometeu crime de responsabilidade. Se cometeu tem que responder por isso, ou corremos o risco de criar quase que um salvo conduto para que o presidente da República ou detentores de cargos mais altos possam cometer crimes para se manterem no poder”.

O “Fla-Flu” a que o parlamentar se refere é o atrito entre o governo e Cunha depois que o presidente da Câmara decidiu abrir o processo de impeachment contra Dilma. O deputado afirma que a presidente mentiu ao dizer que não autorizou barganha política envolvendo a aprovação da CPMF em troca de votos do PT a favor de Cunha no Conselho de Ética, que pode cassar o mandato do parlamentar por quebra de decoro. As informações são da Agência Estado.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.