CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Salvador: Suíca pede segurança em bairros periféricos e lamenta morte de jovem em Santa Cruz

suica
O vereador soteropolitano, Luiz Carlos Suíca | FOTO: Divulgação |

“A falta de segurança em Salvador tem deixado uma lacuna em diferentes partes da capital, principalmente os bairros periféricos o que resultou, na última semana, na morte de mais um jovem negro”. Essa afirmação é do vereador soteropolitano, Luiz Carlos Suíca (PT), que, nesta segunda-feira (23), voltou a denunciar e a pedir providências para conter os índices de criminalidade nas regiões periféricas. Dessa vez, dois estudantes do Colégio Teodoro Sampaio, do bairro da Santa Cruz, foram atingidos por disparos de arma de fogo. O jovem Walisson dos Anjos de Araújo morreu na hora e o seu amigo de prenome Carlos, está em estado grave em hospital da capital. O corpo de Walisson foi sepultado, na última sexta-feira, em meio a forte comoção da comunidade de Santa Cruz.

“Até quando os jovens de periferia vão seguir sendo apenas estatísticas para as polícias? Temos que dar um basta e frear o extermínio da população negra deste estado. A Bahia segue sofrendo com as dores de um sistema de segurança atrasado e que não dar conta do avanço da criminalidade. Os meninos não eram bandidos, estavam apenas jogando futebol com amigos e foram alvos de um assalto, seguido de disparos que atingiram os jovens”, lamenta Suíca. Ainda conforme o edil, tanto a família quanto a comunidade de Santa Cruz estão perplexas com o acontecido. “Ambos eram apenas jovens e não marginais como estão proliferando a mídia. Isso é um absurdo, além de lidar com a perda, os familiares ainda têm de conviver com falsas notícias”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios