Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesEconomiaEditorialMenu PrincipalPolítica

Chapada: Manifestantes em Mucugê vão para as ruas do Guiné contra a reforma da Previdência

guiné
Estudantes, professores, trabalhadores rurais, guias de ecoturismo, aposentados e profissionais de diferente setores participaram do ato em Guiné | FOTO: Divulgação/Jonathan Guia |

A população do distrito de Guiné, município de Mucugê, na Chapada Diamantina, também foi para as ruas protestar contra a reforma da Previdência sugerida pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB). Na última sexta-feira (17), assim como aconteceu em Andaraí e Iramaia e em outras cidades da região, cerca de 250 manifestantes caminharam com cartazes e palavras de ordem. Estudantes, professores, profissionais de diferentes setores da sociedade, trabalhadores rurais, além de aposentados e pessoas prestes a se aposentar engrossaram as fileiras do protesto no Guiné.

Outra manifestação, encabeçada pelos trabalhadores e trabalhadoras da região, professores, profissionais de diferentes áreas e membros de movimentos sociais, está marcada para acontecer em Ruy Barbosa na próxima segunda-feira (20). Com medidas que dificultam a aposentadoria, o atual governo pressiona para que o projeto de reforma seja logo apreciado pela Câmara e Senado. Como toda proposta que mexe no bolso do cidadão, os mais vulneráveis são os que mais perdem. E a proposta de reforma da previdência não foge à regra. Diferentes cidades aderiram ao protesto.

Jornal da Chapada

Confira mais imagens aqui

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também
Chapada: Protestos em Andaraí e Iramaia engrossam o coro contra a reforma da Previdência
Cidades da Chapada Diamantina estão engajadas nos protestos contra reforma da Previdência
Chapada: Manifestantes vão às ruas contra a reforma da Previdência nesta sexta em Iramaia

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios