CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Chapada: Dono do terreno em Utinga com possível reserva de gás só teve prejuízo até agora

cerb
Os poços artesianos que ele pagou para serem furados e abastecerem de água uma futura plantação de bananas custaram R$10 mil e até o momento apenas o gás foi encontrado | FOTO: Montagem do JC |

Enquanto a Agência Nacional de Petróleo (ANP) não confirma a existência de gás natural na zona rural do município de Utinga, na Chapada Diamantina, o dono do terreno, o taxista José Carlos Barbosa, acumulou prejuízos. Os poços artesianos que ele pagou para serem furados e abastecerem de água uma futura plantação de bananas custaram R$10 mil e até o momento apenas o gás foi encontrado.

De acordo com publicação do último sábado (27), do colunista Jairo Costa Júnior, do jornal Correio, o terreno por enquanto segue em ‘quarentena’ esperando a resposta da ANP. “Eu queria era água para plantar na minha roça, mas só ganhei dívidas. Até agora”, conta, aos risos, José Barbosa, que ficou conhecido agora como ‘Nêgo do Gás’.

As labaredas nos supostos poços de gás natural teriam diminuído de intensidade. A diminuição das labaredas em Utinga é considerada pela ANP como normal, já que os poços não foram perfurados em grande profundidade. As dúvidas sobre a existência do gás são levantadas após a redução das chamas. Jornal da Chapada com informações de Correio 24h.

Leia também
Chapada: Utinga pode ter descoberto campo de gás natural e petróleo; notícia movimenta a região
Chapada: Labaredas em supostos poços de gás em Utinga diminuem; ação é acompanhada pela ANP
Chapada: Utinguenses aguardam ANP para constatação de combustível em poço
Chapada: Técnicos da Cerb analisam possível campo de gás natural no município de Utinga

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios