#Bahia: Homem é condenado a 28 anos de prisão por feminicídio em Jeremoabo

Postado em jul 18 2017 - 10:20pm por Jornal da Chapada
foto

Crime ocorreu em setembro de 2016, no município de Jeremoabo, no norte do estado | FOTO: Reprodução |

A justiça baiana condenou mais um homem por feminicídio. Gilberto Damascena Cândido foi condenado a 28 anos de prisão pela morte da sua ex-companheira Adriana de Souza Santos. O crime aconteceu em setembro de 2016, no município de Jeremoabo, no nordeste da Bahia. Conhecido por ‘Gordo’, Gilberto matou Adriana com uma facada por não aceitar a separação.

De acordo com informações do site do Ministério Público, a sentença foi proferida pelo Tribunal do Júri, na última segunda-feira (17), resultado da denúncia oferecida pelo promotor de Justiça Carlos Augusto Machado de Brito.

Ainda conforme dados, a sessão de julgamento foi presidida pelo juiz Leandro Ferreira Moraes e considerou que o crime, previsto no Código Penal, foi cometido por motivo fútil, uso de recursos que impossibilitou a defesa da vítima e por feminicídio. Jornal da Chapada com informações do MP-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.