Chapada: Prefeito de Rio de Contas terá de exonerar servidores e primeira-dama está entre os nomes

Postado em set 26 2017 - 4:00pm por Jornal da Chapada
rio de contas

O município deverá encaminhar ao Legislativo projeto vede a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente | FOTO: Reprodução/L12 Notícias |

Após a aceitação de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público, a atual gestão municipal de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, terá de exonerar cerca de seis servidores, entre os quais Mariana Cotrim Pires de Azevedo, primeira-dama do município, que é atual secretária de Assistência Social, Rebeca da Silva Reis, secretária de Gabinete, que é cunhada da secretária de Saúde, Rosana Ribeiro Bonfim Medeiros, oficial administrativa, esposa de vereador Adão Alves de Castro, e Paulo César Cardoso de Azevedo, médico, irmão do prefeito Cristiano Cardoso Azevedo (DEM).

O documento, de autoria do promotor de Justiça Millen Castro, foi assinado pelo gestor. Além dessas pessoas, ele se comprometeu a exonerar outros servidores que sejam cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, de prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores que estejam ocupando cargos de direção, chefia, assessoramento ou qualquer outro cargo comissionado, ou que exerçam função gratificada na administração pública municipal.

O município também deverá encaminhar ao Legislativo projeto de lei que altere a Lei Municipal n°1.048/2008 a fim de vedar a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente, bem como contratação temporária de pessoas sem processo seletivo, que se enquadrem nessas qualidades. Jornal da Chapada com informações do Achei Sudoeste.

Leia também
Chapada: Prefeitura de Rio de Contas é recomendada pelo MP a regularizar Hospital Municipal

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.