#Brasil: Apreensão de dinheiro em bunker do ex-ministro Geddel é inspiração para game; confira

Postado em set 29 2017 - 2:58pm por Jornal da Chapada
foto

Amigos criaram o jogo ‘Recupere o Dinheiro de Gededel’, baseado na operação da PF | FOTO: Reprodução/Facebook |

A apreensão de R$ 51 milhões em um bunker atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) feita com a descoberta da Polícia Federal (PF), inspirou um grupo de amigos a elaborar um jogo que satiriza a corrupção no país. Disponível para o sistema Android, o aplicativo recebeu o nome de “Recupere o dinheiro de Gededel”. O aplicativo foi desenvolvido pelo bacharel em sistema de informação, Ricardo Schmid de Albuquerque, de 27 anos. Ele também contou com a ajuda de amigos, que são o design Victor Hugo Castro e o arranjador da trilha sonora, Daniel Castro Barbosa, ambos de 26 anos.

Fácil de jogar, a ferramenta tem a seguinte concepção: em um apartamento em Salvador, um amigo liga para Gededel e diz que a polícia descobriu a reserva de dinheiro mantida no imóvel. Gededel, então, corre para o prédio com o objetivo de resgatar os valores antes da chegada da PF. O amigo começa a atirar o dinheiro pela sacada e a missão do jogador é fazer com que Gededel alcance os valores do lado de fora do prédio. São jogados do alto moedas, cédulas, maços e malas. O usuário do aplicativo enfrenta algumas dificuldades para cumprir a missão. Ele precisa, além de correr atrás do dinheiro, desviar de itens como ovos e tijolos arremessados por vizinhos indignados.

jogo

O jogo foi lançado no dia 23 de setembro | FOTO: Reprodução |

Se o jogador conseguir alcançar os R$ 51 milhões jogados pelo amigo, a missão está cumprida. Caso não, Gededel é alcançado por uma viatura policial e é levado para a prisão. Ricardo Schmid disse que é recém-formado na área de sistema de informação e que, de cara, quis apostar na área de jogos. “Me descobri na área. Então, pensei que tinha que desenvolver um aplicativo que pudesse bombar de alguma forma. Tinha visto alguns aplicativos que já falavam de política criando sátira. Achei interessante e apostei”, contou.

Com a apreensão de R$ 51 milhões em um bunker em Salvador, o enredo esperado apareceu. “Na faculdade, a gente faz muito contatos. Conheci esses dois amigos e descobri que eles já desenvolviam jogos. Unimos os nossos trabalhos e desenvolvemos o aplicativo”. Para não perder o tempo da notícia, eles correram contra o tempo e lançaram a ferramenta em duas semanas. O jogo foi lançado no último sábado (23). Ricardo detalha algumas curiosidades do jogo. O usuário tem que ficar atento aos itens jogados pelo amigo de Gededel para completar de forma mais rápida o resgate dos R$ 51 milhões.

As moedas valem R$ 5 mil, as cédulas verdes R$ 10 mil, as cédulas amarelas R$ 50 mil, as cédulas azuis R$ 100 mil, os maços de dinheiro R$ 500 mil e a mala R$ 3 milhões. “A mala vale muito, mas o jogador tem que ficar atento. Se cair na cabeça dele, ele morre. Tem que deixar cair no chão e pegar em até quatro segundos”, alerta. Quando mais o tempo passa, os valores do amigo de Gededel e os itens dos vizinhos começam a ser arremessados de forma mais rápida. “É difícil. Eu já consegui recuperar os R$ 51 milhões, mas tive que jogar algumas vezes para zerar o jogo”, ressalta o desenvolvedor do aplicativo. Jornal da Chapada com informações do G1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.