CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Chapada: Protestos na região defendem democracia e direito de Lula ser candidato

capa
Trecho da BR-242 foi interditado na altura do Posto Coqueiro, já no município de Andaraí; o protesto terminou às 16h desta terça | FOTO: Divulgação/MST |

A região da Chapada Diamantina registrou, nesta terça-feira (23), inúmeras manifestações em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que será julgado em segunda instância, nesta quarta-feira (24), em Porto Alegre, pelo pleno do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Municípios como Piritiba, Tapiramutá e Andaraí, por exemplo, foram alguns que levaram manifestantes para as ruas ou para as estradas com faixas e palavras de ordem pela absolvição de Lula e o direito dele ser candidato a presidente. A mobilização em Piritiba envolveu cerca de 300 pessoas, em Andaraí, onde trecho da BR-242 foi fechado, e contou com 500 trabalhadores e trabalhadoras. Os atos foram organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), com o apoio de associações rurais, parceiros e sindicatos.

“Em Piritiba reunimos representantes do MST, da pastoral e membros de sindicatos e movimentos da cidade de Piritiba, além de Tapiramutá, Baixa Grande, Mundo Novo e Miguel Calmon. Tinha um pessoal que era de associações livres das cidades e parceiros dos movimentos. Fizemos uma ação no contorno, na região de Tapiramutá. Uma ação de repúdio ao juiz Sérgio Moro e em defesa do companheiro Lula. Depois seguimos para Piritiba, onde fizemos uma caminhada na cidade. Paramos em frente ao prédio onde funciona o INSS e nos reunimos com o diretor onde a gente reivindicou atenção aos trabalhadores e atenção aos sindicatos”, informa o líder do Movimento do Sem Teto (MSTS), Mourival José de Souza, que esteve com o grupo liderado por Escobar. Os manifestantes seguiram depois a reunião para a frente do Fórum local onde encerraram as atividades por volta das 14h.

Leia também
#Bahia: Manifestantes pró-Lula bloqueiam estradas por todo o estado às vésperas do seu julgamento

Veja fotos dos atos em Piritiba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para a presidente do PT de Boa Vista do Tupim, Iana Fraga, os protestos representam justamente o pensamento do povo que não aceita um julgamento político contra o ex-presidente petista. “As manifestações na Chapada Diamantina, lideradas pelo MST, mas que teve o apoio de diversas lideranças, populares e de todos os diretórios municipais do PT na região foram extremamente importantes para expressar que não aceitaremos a forma como esse julgamento está sendo realizado. Um julgamento totalmente político, feito e programado somente para impedir que o presidente Lula concorra às eleições de 2018. Somamos nossas forças a milhares de brasileiros e brasileiras que clamam por justiça, que lutam pela democracia no nosso país, e que querem decidir nas urnas o futuro do Brasil”.

Em Andaraí, as manifestações começaram logo cedo e foram até às 16h, houve bloqueio de trecho da BR-242 (Posto Coqueiro) e a mobilização defendeu ainda a reforma agrária, os direitos dos trabalhadores e criticou as medidas tomadas pelo governo de Michel Temer, que reduziu políticas sociais e agrárias. “Defendemos que Lula seja candidato. Foram mais de 500 pessoas aqui hoje em apoio à democracia. Parabenizo Lula pela sua resistência aos ataques de setores da mídia e do judiciário e parabéns também para a direção do MST pela iniciativa de levar a força da militância para as ruas. Como diz os companheiros, se prenderem Lula vai ter que prender muita gente, estamos firmes”, salienta o vereador de Boa Vista do Tupim, Neto do MST, que participou do protesto em Andaraí.

Jornal da Chapada

Confira fotos das atividades em Andaraí

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios