CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

#Polêmica: Filho do deputado que tatuou nome de Temer arranja emprego de R$ 10 mil no governo

capa
O pai Wladimir Costa comemorou a nomeação do filho Yorran Costa nas redes sociais | FOTO: Divulgação |

Filho do deputado federal Wladimir Costa (SD-PA), Yorran Costa, de 22 anos, foi nomeado delegado federal da Secretaria de Desenvolvimento Agrário no Pará, cujo salário é de R$ 10 mil. O pai teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), por abuso de poder econômico – decisão da qual recorre na Justiça.

Apesar do cargo, onde terá de administrar recursos de R$ 100 milhões anuais, Yorran ainda é estudante de Direito e Gestão Pública. O Diário Oficial da União desta sexta-feira, 26, divulga portaria que exonera o administrador Andrei Gustavo de Castro, que foi diretor geral da Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado (Arcon/PA), e nomeia Yorran Christie Braga da Costa.

O nome de Yorran é indicação do partido Solidariedade, que tem a cota da Secretaria. Nas redes sociais do partido, o jovem – que é presidente-executivo do Solidariedade Jovem – afirmou que “nada acontece sem a determinação de Jesus Cristo”. “Se é para cumprir a missão, dei-me a missão”, complementou.

O pai também comemorou a nomeação nas redes sociais. “A missão é dada, a missão será cumprida! Deus nosso senhor Jesus Cristo no comando!”, disse o parlamentar. Wladimir Costa se notabilizou nacionalmente pelo rojão de confete que estourou na Câmara dos Deputados após votação de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e, especialmente, depois de exibição de tatuagem com o nome do presidente Michel Temer (PMDB) no ombro direito. As informações é do jornal O Povo.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios