Chapada: Vereador líder da oposição em Boa Vista do Tupim faz balanço da reabertura da Câmara

Postado em fev 21 2018 - 2:46pm por Jornal da Chapada
neto

O líder da oposição na Casa Legislativa, o vereador Neto do MST | FOTO: Divulgação |

Na última segunda-feira (19) aconteceu a reabertura da Câmara de Vereadores de Boa Vista do Tupim, município da Chapada Diamantina, onde estiveram presentes diversas lideranças locais, além dos vereadores, como representantes da gestão municipal, dentre outros. O líder da oposição na Câmara, José Francisco (PT), mais conhecido por Neto do MST, avaliou a reabertura dos trabalhos. Para ele, a mensagem do prefeito Helder Lopes Campos, o Dinho (PSDB), marcou a sessão de forma negativa. “Pudemos perceber o prefeito mentindo mais uma vez. Ano passado ele veio, disse em mensagem que em Boa Vista ia ser tudo resolvido e não vemos nada de avanço na cidade”, disse ao Jornal da Chapada.

O vereador afirmou que das 162 propostas feitas para 2017, apenas 15% foram cumpridas. Acusações do prefeito à gestão anterior também foram lembradas por Neto. “Ele quer enganar mais uma vez a população dizendo que a gestão passada desviou recursos das obras do Governo Federal, que nós conseguimos com o governo da presidente Dilma”, disse. No entanto, o edil afirmou que nove escolas e três postos de saúde foram construídos. “Com o processo de saída de Rousseff da presidência, as obras pararam e estão sendo retomadas e entregues agora, na gestão atual. E expliquei, na minha fala, que recurso federal não tem como desviar. Só se recebe o que faz”.

Neto do MST disse que, apesar do prefeito tucano ter dito que resolveu os problemas da cidade, muitos setores estão em situação crítica. “Observamos como está a cidade, a violência só aumentando, a saúde está um caos. Na agricultura, a gente arava a terra para ajudar os agricultores e ano passado podemos perceber que não fizeram nada”, apontou Neto. Ele disse ter cobrado essas ações do vice-prefeito, que é também secretário de Agricultura. O vereador petista reclamou do Plano Plurianual, que propõe as diretrizes para os quatro anos da administração municipal. Ele afirma que a prefeitura não dá atenção social às pessoas em condições de pobreza. “Para se ter uma ideia, tem muita gente passando fome na cidade e o gestor não faz uma ação para poder amenizar essa situação”, disse.

“Quando se analisa [o projeto do PPA] vê que o pobre está fora do orçamento do município, colocaram R$ 60 mil para comprar cesta básica para as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social em Boa vista do Tupim, enquanto só em propaganda gasta R$ 12 mil por mês”, atacou Neto. Ele chamou a atenção para a promessa de Dinho, da instalação de uma fábrica de sapatos na localidade de Terra Boa ainda no primeiro ano de sua administração. O que não aconteceu. “O povo está injuriado. Uma vereadora de situação, que é de lá [Terra Boa], disse que pegou o município acabado, que alugou até espaço para poder funcionar a escola. Uma grande mentira”, contou.

O líder oposicionista disse que mesmo com a derrota de seu grupo político, foi inaugurada uma escola, construída com recursos próprios, no lugar. Isso “porque o ex-prefeito à época, Hiran Campos Nascimento, tinha abandonado a obra e levou todos os equipamentos. Entregamos lá também uma UBS [Unidade Básica de Saúde] nova, toda equipada, uma ambulância nova para a região, e fizemos cascalhamento da estrada”, afirmou. O vereador disse que continuará com uma oposição de responsabilidade, mas que não parará. “Não podemos nos calar. E nós, de oposição, estamos firmes e fortes para poder fazer oposição”, finalizou.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.