Adab vai implantar primeira biofábrica de controle biológico na Bahia

Postado em fev 22 2018 - 10:00am por Jornal da Chapada
adab

O projeto elaborado por técnicos da Adab é intitulado ‘Tecnologias e inovação para o estabelecimento de biofábrica, visando o controle biológico da mosca negra dos citros no Estado da Bahia | FOTO: Meramente Ilustrativa/Arquivo |

Mais uma conquista para fortalecimento da defesa agropecuária. Após diversas reuniões, a equipe de modernização da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) conseguiu alocar recursos para a implementação de uma biofábrica de controle biológico na Bahia e a primeira dentro da estrutura de um órgão de defesa no Brasil. Os valores foram garantidos pelo secretário da Fazenda, Manoel Vitório, em reunião realizada com o Diretor-geral da agência, Paulo Cezar e o secretário de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), Vitor Bonfim. Serão investido cerca de R$ 350 mil reais e ficará localizada no laboratório da CETAB, edifício anexo a sede da Adab.

O projeto elaborado por técnicos da Adab é intitulado ‘Tecnologias e inovação para o estabelecimento de biofábrica, visando o controle biológico da mosca negra dos citros no Estado da Bahia’. A unidade irá atender todo o Estado em busca do manejo e controle de pragas. “Essa é mais uma conquista de todos nós. Gostaria de agradecer ao Governador, Rui Costa, por acreditar no nosso trabalho e investir esses recursos para uma demanda de altíssima importância que é o controle fitossanitário dos Citrus. A toda a equipe técnica que realizou o projeto e aos Secretários Vitor Bonfim e Manoel Vitório pela agilidade no processo”, ressaltou o Diretor-geral da Adab, Paulo Cezar.

A meta é que obras comecem já no inicio de março. A biofábrica de controle biológico, tem por objetivo criar insetos que se constituem dos inimigos naturais da mosca negra (Aleurocanthus woglumi). É uma tecnologia limpa que não usa agrotóxicos, reduzindo assim os impactos ambientais. Para o inicio da criação dos insetos será necessário de toda uma infraestrutra desde aporte laboratorial até casas de vegetação. Alem, da prospecção desses agentes de biocontrole nos palmares.

Para o secretário Vitor Bonfim “esse é um dos passos importantes para que a gente possa ter o controle fitossanitário da Mosca Negra. Toda a equipe da ADAB está de parabéns pela agilidade do projeto e o Governador, Rui Costa, se mostra mais uma vez empenhado com a modernização da agência”, enfatizou.

Segundo Suely Brito, Coordenadora do projeto fitossanitário do Citrus essa é uma conquista muito importante “a praga que foi detectada em 2010 se expandiu por todo território baiano e tem induzido severos prejuízos a citricultura do recôncavo e litoral norte da Bahia. Já estamos trabalhando nesse projeto há três anos e agora vamos conseguir colocar em prática. A nossa proposta é produzir inimigos naturais da praga para serem soltos nos pomares, beneficiando, principalmente, a agricultura familiar. Haja vista que não existe nenhum outro tipo de controle para essa praga”, concluiu. Os recursos serão administrados pela Seagri em parceria com a Adab. As informações são da Adab.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.