Chapada: Espetáculo ‘Três solos’ será apresentado em Rio de Contas no fim de semana

Postado em mar 6 2018 - 1:16pm por Jornal da Chapada
foto45

O espetáculo acontece no Espaço Imaginário na sexta e no sábado e tem o convite sendo divulgado pelas ruas da cidade pelo ‘Cavaleiro das Artes’ | FOTO: Divulgação/Espaço Imaginário |

O bailarino e ator Deferson Melo realizará, no Espaço Imaginário, no município de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, o espetáculo ‘Três solos’, nas próximas sexta (9) e sábado (10), sempre às 20h. A mescla de teatro e dança foi desenvolvida em três espetáculos curtos denominados ‘O costureiro’, ‘Rosa azul’ e ‘Cerrado’ pelo autor ao longo da sua carreira. A entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Na cidade, a performance do ‘Cavaleiro das Artes’, realizada pelo bailarino pelas ruas riocontenses, tem chamado a atenção de populares. “Criou-se uma curiosidade e um burburinho sobre quem seria o tal cavaleiro. Estamos convidando as pessoas tanto para o espetáculo que acontecerá no final de semana quanto para as oficinas-laboratório de artes que Deferson Melo está lançando em parceria conosco aqui do Espaço Imaginário”, salienta Gláucia Soares uma das organizadoras do evento.

A curiosidade em Rio de Contas foi tamanha que o ‘Cavaleiro das Artes’ emitiu uma carta aberta à população. No documento, Deferson Melo, mas conhecido por Déo, explica que mora em Rio de Contas há mais de um ano e que escolheu a cidade para viver. “Minha formação é de artista educador nas diversas linguagens artísticas; teatro, dança, artes visuais, moda e música. Neste momento estou construindo uma parceria com o Espaço Imaginário para que eu possa disponibilizar meu conhecimento a quem possa desta terra interessar”, salienta o artista em texto.

Veja mais fotos das manifestações em Rio de Contas

Este slideshow necessita de JavaScript.

Conforme Melo, além de espetáculos, haverá o Laboratório de Artes com diferentes focos e para diferentes idades. Os interessados devem ficar atentos, pois uma reunião no Espaço Imaginário, no dia 12 de março, às 19h, vai apresentar o planejamento de cada aula-oficina. “O aluno investigador acompanhado pelo professor orientador dialogando com lógicas de pensamento atuais. Neste espaço educativo investigativo acredito criar um ambiente para a construção da autonomia ao aluno [que devemos lembrar ser um cidadão]”.

Ainda segundo informações, em cada oficina de arte oferecida, seja de teatro, dança, artes visuais e moda, as metodologias aplicadas vão dialogar com a ideia de que a educação em arte significa produção de linguagem. “Em cada oficina as técnicas estarão a disposição do aluno-investigador para contribuir para o avanço de sua investigação. Cada aluno tem uma vontade, uma idade, experiências e o olhar do professor orientador levando isto sempre em conta na construção de suas ações”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.