Chapada: Libertação de ex-integrantes da New Hit condenados por estupro indigna deputada

Postado em mar 7 2018 - 5:04pm por Jornal da Chapada
capa

A parlamentar estadual Neusa Cadore classificou como vergonhoso e absurdo o habeas corpus que libertou os condenados por estupro no município de Ruy Barbosa | FOTO: Montagem do JC |

A líder da bancada feminina na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputada estadual Neusa Cadore (PT), classificou como vergonhosa e absurda a decisão do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) de conceder habeas corpus aos oito ex-integrantes da banda New Hit, condenados em 2017 pelo estupro coletivo de duas jovens, no município de Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina, em 2012.

“A decisão é vergonhosa e absurda. Em pleno mês de março, na véspera do Dia Internacional da Mulher, o TJ-BA alimenta a impunidade e ataca a luta das mulheres”, lembrou a parlamentar Neusa ao comentar a libertação dos estupradores.

De acordo com ela, é preciso ter rigidez e cumprimento integral da pena para que crimes cometidos contra as mulheres não caiam na onda da impunidade. Presos no final de 2017, os ex-integrantes do grupo foram condenados a 10 anos e oito meses de prisão.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.