Deputado critica instabilidade econômica e sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis

Postado em maio 22 2018 - 6:12pm por Jornal da Chapada
valmir

Valmir diz que o governo não estabelece uma regra que permita dar estabilidade a quem trabalha, produz e desenvolve o país | FOTO: Divulgação/Will Shutter |

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) usou a tribuna da Câmara, nesta terça-feira (22), para criticar a instabilidade econômica com os aumentos sucessivos no preço dos combustíveis. De acordo com Assunção, falta transparência do governo federal e responsabilidade do presidente Michel Temer (MDB) para se chegar ao controle. “Piora a economia em geral quando os preços aumentam e os direitos sucumbem”, afirma o parlamentar. Para o petista, as manifestações dos caminhoneiros – que estão fazendo uma paralisação, “é importante para o país levar em consideração, porque de uma hora para outra, o gás aumenta, o diesel aumenta, a gasolina aumenta. Não pode ser desse jeito”, aponta.

Assunção diz que o governo não estabelece uma regra que permita dar estabilidade a quem trabalha, produz e desenvolve o país. “Mas do mesmo jeito que esse governo golpista conseguiu chegar ao poder, sentar na cadeira do presidente sem reconhecer os votos da presidente Dilma, desse mesmo jeito que ele quer governar a economia. A população não aguenta tanto aumento, a carestia no Brasil está cada vez maior e isso fica insuportável, porque quando aumenta o diesel, aumenta o preço do transporte, isso aumenta tudo no país e a população mais pobre da sociedade é quem paga o preço”.

Valmir diz ainda que o Brasil vive o período dos anos 80, quando aumentava tudo a toda hora. “Nós não podemos concordar de forma alguma com o governo que retira direitos e faz com que o país torne cada vez mais caro o custo de vida das pessoas. É contra isso que nós temos que lutar e não podemos aceitar. Os deputados federais têm uma responsabilidade muito grande para poder atender a demanda do povo, os deputados não podem ficar aqui dizendo amém para Temer golpista que retira o direito do povo brasileiro”, finaliza.

Leia também

Chapada: Caminhoneiros fecham BR-242 em Itaberaba contra aumento do diesel; protestos seguem

#Bahia: Caminhoneiros fecham rodovias contra aumento de combustível; Petrobras anuncia redução

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.