#Bahia: Otto é acusado de ter defenestrado Lídice em favor de Coronel durante reunião do PSB

Postado em jun 26 2018 - 10:27am por Jornal da Chapada

Otto é acusado no PSB de ter defenestrado Lídice em favor de Coronel | FOTO: Divulgação/Arquivo |

Apesar de não ter citado o senador Otto Alencar na nota pública que divulgou ontem protestando contra a exclusão da senadora Lídice da Mata da chapa com que Rui Costa (PT) concorrerá à reeleição, é a ele que o PSB atribui integralmente a responsabilidade pela decisão do governador.

O nome de Otto foi citado várias vezes na reunião que o PSB realizou no princípio da noite para avaliar a decisão de Rui, anunciada à tarde, numa reunião com os presidentes dos partidos da base, à qual só não compareceram a própria Lídice, e o deputado federal Félix Mendonça, representante do PDT.

Em todas as oportunidades, o líder máximo do PSD na Bahia foi acusado de ter “defenestrado” Lídice da Mata da chapa – um termo de que a senadora tem usado e abusado para se referir a ele em encontros políticos – em favor do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Angelo Coronel (PSD), que concorrerá à vaga ao Senado.

Coronel, por exemplo, só é citado uma vez no documento distribuído pelo PSB, no momento em que o partido diz que a senadora conta com 26% da preferência do eleitorado contra 3% que dizem terem sido as intenções de voto apuradas para ele nas pesquisas de opinião.

Em muitos momentos no encontro do PSB, Otto foi acusado de ter imposto o nome de Coronel e “defenestrado” Lídice, visando um projeto político pessoal relacionado à sucessão de Rui, em 2022. “Ele é inegavelmente o homem mais forte do governo hoje, mais forte do que o governador”, disse um político muito ligado à senadora.

Apesar de Otto ter sido o alvo principal dos ataques na reunião, não faltaram farpas na direção do governador, que, para os socialistas, vai se arrepender amargamente do espaço que tem dado ao senador no governo, na máquina estadual e em instituições de poder.

O senador está tão ciente das críticas que tem recebido da parte do PSB que, durante o encontro com o governador, chegou a discursar lamentando que esteja sendo acusado de ter defenestrado Lídice da chapa, na qual foram confirmados, além de Coronel, Jaques Wagner, à outra vaga de senador, e João Leão, à vice. Extraído do Política Livre.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.