#Salvador: Festival Radioca reúne 11 shows em três dias; veja programação completa

Postado em nov 6 2018 - 7:50pm por Jornal da Chapada

O grupo pernambucano Academia da Berlinda se apresenta na sexta | FOTO: Divulgação |

“A música que você ainda vai ouvir” – Este é o espírito do Festival Radioca, evento realizado em Salvador com patrocínio do Governo da Bahia que mapeia a música brasileira contemporânea e apresenta suas apostas sobre o que o público interessado vai curtir experimentar, ver ao vivo, incluir na sua rotina. A 4ª edição ocorre de 9 a 11 de novembro, no Largo Quincas Berro d’Água, no Pelourinho, apresentando onze shows em três dias.

Neste ano, destaca-se a diversidade de origens da escalação, vinda de sete estados diferentes, ao mesmo tempo em que a presença de baianos é recorde: serão cinco as atrações da Bahia. Ainda é potente a seleção feminina, com quatro cantoras em carreira solo demonstrando a razão de estarem na lista dos principais acontecimentos da cena musical do país.

Na noite de abertura da sexta-feira (9/11), a partir das 19h, estão na grade Sonora Amaralina (BA), Wado (AL) e Academia da Berlinda (PE). No sábado (10/11), a partir das 16h, a lista inclui Maria Beraldo (SP), The Baggios (SE), Larissa Luz (BA) e Letrux (RJ). Já o domingo (11/11), também iniciando às 16h, é a vez de Duo B.A.V.I. (BA), Don L (CE), Luedji Luna (BA) e Maglore (BA). Ingressos individuais para cada data e um superpassaporte para os três dias estão disponíveis em www.sympla.com.br/radioca2018.

“Mais uma vez o festival prima pela qualidade e diversidade de nossa música, sem se ater a estilos ou formatos. Gostamos de levar ao público o que ele conhece e gosta dessa produção contemporânea, mas também fazemos questão de apresentar possibilidades, provocar os instintos com algo que ele pode gostar mesmo ainda não conhecendo”, afirma o jornalista Luciano Matos, um dos curadores do Radioca, ao lado dos músicos Roberto Barreto e Ronei Jorge.

Este mesmo trio é o condutor do Programa Radioca, veiculado há uma década pela Rádio Educadora FM Bahia, e que originou a criação do festival. Para a seleção da grade, eles buscam seguir a lógica do programa e apresentar artistas relevantes em atividade no Brasil, fisgando pérolas já reconhecidas ou que merecem ser (mais) conhecidas, unindo gente que está despontando ou em reinvenção na carreira.

O evento conta ainda com uma feira, desta vez assumida pela Pedra Papel Tesouro (PPT), iniciativa estabelecida na rotina soteropolitana há dois anos, que reúne impressos, paisagismo e gastronomia, fomentando o mercado criativo local. Artistas, designers e editores apresentam e comercializam sua produção, numa seleção que busca a qualidade e a autenticidade.

“Nosso desafio é continuar proporcionando ao público a melhor experiência possível com a música e estamos muito animados em nos desafiarmos num novo lugar, dessa vez. Vamos utilizar a Quincas de uma forma diferente, não vemos a hora”, conta Carol Morena, coordenadora do Radioca.

O espaço
Um dos três largos dedicados a eventos e espetáculos no Pelourinho, coração do Centro Histórico de Salvador e um dos principais pontos turísticos e de lazer da cidade, o Largo Quincas Berro d’Água, recém-reformado, será transformado pelo Radioca. Como já é tradicional em sua realização, o evento trará ao espaço uma ambientação própria, personalizando o acolhimento aos artistas e público com conforto, belas surpresas e a qualidade de sempre.

O local ocupa área tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), sendo gerido pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) e pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), vinculados à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. O Festival Radioca tem patrocínio de Natura Musical, parceiro pelo terceiro ano, da Cerveja Devassa e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura.

Sobre Natura Musical
Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 367 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes. O último edital do programa em 2017 selecionou 33 projetos em todo o Brasil. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do país e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais.

A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente para a rica e pulsante produção musical brasileira. As informações são da Secult.

IV FESTIVAL RADIOCA
9, 10 e 11 de novembro de 2018
No Largo Quincas Berro d’Água (Pelourinho)

Programação:
Sexta-feira, 9 de novembro, a partir das 19h
Sonora Amaralina (BA)
Wado (AL)
Academia da Berlinda (PE)

Sábado, 10 de novembro, a partir das 16h
Maria Beraldo (SP)
The Baggios (SE)
Larissa Luz (BA)
Letrux (RJ)

Domingo, 11 de novembro, a partir das 16h
Duo B.A.V.I. (BA)
Don L (CE)
Luedji Luna (BA)
Maglore (BA)

Ingresso para sexta-Feira (3º lote): R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Ingresso para sábado ou domingo (1º lote): R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Superpassaporte para três dias (3º lote): R$ 130 (inteira) e R$ 65 (meia)
Preços válidos até o fim dos lotes.
Disponível em www.sympla.com.br/radioca2018

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.