CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoPolícia

#Urgente: Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em São Paulo; veja vídeos

O piloto da aeronave também morreu no acidente; um motorista de caminhão ficou feriado | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

O jornalista Ricardo Boechat morreu em São Paulo nesta segunda-feira (11), aos 66 anos. Ele voltava de um evento em Campinas no helicóptero que caiu no Rodoanel e explodiu. Além de Boechat, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo do piloto da aeronave carbonizado – Ronaldo Quattrucci. A concessionária CCR Rodoanel Oeste também informou que um motorista de caminhão ficou ferido e foi socorrido imediatamente. O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco.

Segundo informações iniciais, o helicóptero saiu do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas, e tentou fazer um pouso de emergência na via. A Polícia Militar (PM) disse que o piloto tentou pousar na pista e o motorista de um caminhão não conseguiu frear e acabou colidindo com a aeronave na Rodovia Anhanguera. Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Os corpos já foram retirados do local do acidente, conforme informações da Globo News, que segue ao vivo sobre o caso (veja vídeo abaixo). Ricardo Boechat era casado pela segunda vez com Veruska Seibel, desde 2005, e tinha duas filhas com ela: Valentina, 12, e Catarina, 10. Ele deixa outros quatro filhos: Bia, 40, Rafael, 38, Paula, 36, e Patricia, 29, frutos do casamento com Claudia Costa de Andrade. A morte do jornalista causou comoção entre políticos, personalidades e jornalistas.

Presidente Bolsonaro emite nota via rede social

O humorista José Simão se despediu do jornalista

O governador da Bahia, Rui Costa, também emite nota de pesar

Fotos do acidente

Este slideshow necessita de JavaScript.

Emocionado, o jornalista Luiz Datena, anuncia a morte do colega de trabalho e amigo no programa Brasil Urgente

O presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia, usou o Twitter para emitir seu pesar

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, foi outro político que externou seu pesar pela morte de Boechat

Mais informações do acidente
Segundo o capitão Paiva, da Polícia Militar, a aeronave tentou pousar no acesso do Rodoanel com a Rodovia Anhanguera quando “um caminhão que havia acabado de passar pela praça de pedágio na faixa do sem parar não teve tempo hábil de frear e colidiu com a aeronave ainda pousando”.

“Preliminarmente entende-se que ele [caminhão] estava numa velocidade razoável para baixa porque havia acabado de passar pela praça de pedágio. Era uma faixa do sem parar, mas tinha seu limite de velocidade”, disse o capitão. A perícia do acidente é feito pela Polícia Técnica Científica e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

A aeronave era um Bell Helicopter, prefixo PT-HPG, fabricada em 1975. Estava regular, segundo a Aeronáutica. Com capacidade para cinco pessoas, sendo um piloto e quatro passageiros, esse modelo de helicóptero é considerado seguro.

Cid Moreira usou as redes sociais para lamentar a morte do colega Ricardo Boechat

Perfil do jornalista
Filho de um diplomata brasileiro, Ricardo Boechat nasceu na capital da Argentina, Buenos Aires, enquanto o pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Ele era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Boechat também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país.

O jornalista estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band. Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo. Com informações do G1, da Globo News e da Band News. Texto dinâmico sendo atualizado a cada minuto com novas informações sobre o caso.

Vídeos do acidente

Ricardo Boechat fala sobre a sucessão de tragédias no Brasil

Matéria da Band News

Globo News – Ao Vivo

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas