Chapada: Prefeito de Utinga apoia implantação de policlínica por Consórcio de Saúde e quer apoio para universidade de agronomia

Postado em fev 23 2019 - 12:34pm por Adalício Neto

Gestor utinguense aproveitou a presença dos colegas e falou sobre implantação de curso de Agronomia no município | FOTO: Jornal da Chapada |

Um dos destaques na reunião dos 17 prefeitos, na última sexta-feira (22), em Itaberaba, município da Chapada Diamantina, foi o gestor de Utinga, Joyuson Vieira (PSL). O administrador utinguense aproveitou a presença dos colegas para tocar em um assunto que é um anseio da população chapadeira e uma meta de sua gestão, que é transformar a antiga instalação da extinta Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrário (EBDA) em Utinga em uma universidade com cursos voltados para a agricultura e pecuária. “Há muito estamos buscando parcerias para esse projeto, como a viabilização pelo IFBaiano, mas o Governo do Estado poderia indicar outra instituição, para contemplar a nossa região que, apesar da vocação agrícola e pecuária, sofre há décadas com a carência de ensino superior especializado. Precisamos avançar com esse projeto, pois fala-se tanto na nossa vocação agrícola, no entanto, nunca investiram em cursos gratuitos do setor para nossos jovens”, disse Vieira.

Quem acompanha o trabalho administrativo de Joyuson em Utinga, tanto nos oito anos anteriores em que foi prefeito do município, quanto nesse mandato, que completa três anos, sabe que ele é tido como um prefeito responsável com o erário. Seu município possui (dentro do possível da municipalidade) as contas sanadas e os investimentos com recursos próprios são feitos com responsabilidade. Vieira, no passado, preferia tocar seus projetos solo, sem participar de Consórcios, entretanto, a credibilidade político-administrativa do prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas (PSB), conseguiu atraí-lo para participar do Consórcio de Saúde, que visa a implantação de uma Policlínica no município portal de entrada da Chapada Diamantina.

capa

Dezessete prefeitos participam de encontro em Itaberaba para debater a instalação de uma policlínica regional para atender a Chapada Diamantina | FOTO: Jornal da Chapada |

“Não é que eu não acredito nos Consórcios Municipais. Pelo contrário, acredito tanto que alguns serviços, inclusive de saúde, são feitos em Utinga em parceria com os municípios vizinhos. Não participamos de consórcios no passado por observar que muitos deles só serviram para beneficiar os municípios dos presidentes. Sem falar, que nós, os nordestinos de um modo geral, não tínhamos a fé no cooperativismo como temos atualmente. Além do mais, a metodologia desse Consórcio de Saúde é diferente, ou seja, contempla os municípios de forma equânime. E acredito muito no trabalho de Ricardo Mascarenhas, somado ainda com a transparência que o Governo do Estado tem dado nas formações desses Consórcios, como compartilhamento de valores e proporcionalidade. Mas, vamos à luta que ela está apenas começando”, disse o prefeito de Utinga.

Para Joyuson, ainda existem alguns pontos para serem ajustados, como a questão da localização. “Mas, fato é, que existe um vazio em Itaberaba, que no meu ponto de vista, é uma cidade polo. Por mais que alguns hoje disseram aqui que não importa a localização, haveremos de discutir um assunto muito importante que é a distribuição das obras e investimentos do Governo do Estado nas duas regionais, de forma igualitária observando muitos outros aspectos”, declarou Vieira ao Jornal da Chapada. Vale salientar que o prefeito participou da reunião acompanhado pela secretária municipal de Saúde, Bruna Fernandes Aguiar, e pelo presidente do Poder Legislativo Municipal, Jonas Aguiar. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.