#Salvador: Vereadora questiona projeto do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa

Postado em abr 3 2019 - 12:59pm por Jornal da Chapada

A vereadora de Salvador Lorena Brandão | FOTO: Divulgação |

A vereadora Lorena Brandão (PSC), presente no encontro da última terça-feira (2) com a secretária de Reparação Ivete Sacramento na Câmara Municipal, fez alguns questionamentos no que tange a aprovação do projeto 549/2013, que quer implantar em Salvador o Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa.

Em sua fala, a vereadora afirmou que o projeto, em seu texto original, não é equiparável com o seu conteúdo e que o mesmo precisa ser mais amplo, atendendo também demais religiões, além das de matrizes africanas. A Frente Parlamentar do Templo Religioso entregou emendas a serem incluídas na matéria.

“A bancada evangélica não é contra o PL, mas entendemos que o principal objetivo dele em propor a igualdade não vem sendo alcançado, pois não contempla outras religiões, apenas negros que têm crenças de matrizes africanas. Onde estão os negros cristãos? Eles não têm direitos também? É isso que pedimos, que seja um projeto de igualdade e não de desigualdade”, disse Lorena.

A edil ainda deu um exemplo sobre um dos pontos do projeto, que permite que as pessoas inseridas no contexto possam sair dos seus respectivos trabalhos para cumprir seus ritos. “Esta Casa precisa analisar um projeto com responsabilidade, pois é a Casa do Povo. Precisamos ser democráticos. Nossa sugestão é ampliar e não de trabalhar de forma desigual para apenas uma vertente”, frisou. As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.