#Fotos: Batalhão Marítimo do Corpo de Bombeiros tem primeira mulher como tenente-coronel

Postado em jul 17 2019 - 3:11pm por Jornal da Chapada

A tenente-coronel Ana Fausta recebeu, há três anos, o desafio de comandar o 13º Grupamento de Corpo de Bombeiros | FOTO: Divulgação/Secom |

Há 29 anos na corporação, Ana Fausta Araújo é a primeira mulher a chegar à patente de tenente-coronel e a ocupar o comando do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, além de fazer parte da primeira turma de oficialas da Polícia Militar. “Lugar de mulher é onde ela quiser estar. Existe trabalho para a pessoa que tem competência. Se eu tenho aptidão, competência, não importa qual é o meu sexo”, afirmou Ana Fausta. Atualmente, 116 bombeiros militares estão sob seu comando, responsáveis pelo salvamento aquático e também pela parte de mergulho e resgate em Salvador. A nomeação a tenente-coronel, pelo governador Rui Costa, foi publicada na última sexta-feira (12).

A tenente-coronel conta que, na prática, é exigido um esforço maior das mulheres do que dos homens para a conquista de cargos de chefia. “Enfrentei vários desafios, o primeiro por ser mulher dentro de uma instituição eminentemente masculina. A gente sabe que precisa provar um pouco mais para se firmar. Para isso a gente tem que vencer o preconceito e mostrar um pouco mais de competência do que os homens. Então eu tenho a sorte de ter um comandante que aposta nas mulheres e que tem a certeza da nossa competência”.

A tenente-coronel Ana Fausta recebeu, há três anos, o desafio de comandar o 13º Grupamento de Corpo de Bombeiros. “Só havia aqui uma mulher, que era guarda-vida, hoje são três mulheres. Então é uma atividade onde é difícil a entrada de mulheres e mais difícil ainda que a mulher chegue ao comando. O machismo existe, está enraizado, eu sou de uma geração machista, a minha vida inteira foi driblando o machismo. Com trabalho, amor à profissão e competência, a gente vai mostrando que a mulher é capaz, ocupando os espaços”, conta.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O tenente Adilson Santos fala sobre ser comandado por ela. “É uma tenente-coronel que, desde que eu cheguei aqui, tem me ajudado muito, ela labuta para melhorar o comando aqui da unidade. Eu só tenho a agradecer porque eu desenvolvi bastante a minha experiência no administrativo com a ajuda dela”. Segundo ele, Ana Fausta procura ouvir os subordinados, ajudar a superar as dificuldades e melhorar as atividades tanto internas como operacionais. “É uma mulher resolutiva e disciplinada. Ela ajuda e faz com que a gente se desenvolva”.

Na Praia de Itapuã, a comandante chamou a atenção da comerciante Marly Bisbo, 37 anos. Ela se sentiu representada e aproveitou para cumprimentar a comandante. “Nós estamos assumindo o nosso lugar. E ver uma mulher no comando de um quartel, hoje, é um passo bem à frente que estamos dando, para adquirirmos a igualdade junto com os homens, enfrentando o machismo. Antigamente uma mulher nunca poderia assumir um cargo deste. Então, fico muito feliz com a Ana Fausta tomando conta deste lugar que eu sempre vi ser comandado por homens”. As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.