CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

#Salvador: Dois irmãos buscam emprego exibindo placas em rua da capital baiana

Os dois fizeram placas com as qualificações deles, o telefone de contato e foram para uma rua da região da Estação Pirajá | FOTO: Cid Vaz/TV Bahia |

Desempregados, dois irmãos de Salvador recorreram a uma maneira curiosa para encontrar emprego. Os dois fizeram placas com as qualificações deles, o telefone de contato e foram para uma rua da região da Estação Pirajá, na manhã desta segunda-feira (26). O mais novo, Marivaldo Cruz, de 24 anos, já trabalhou como auxiliar de mecânico de elevador e repositor de estoques. Ele está desempregado há dois anos, período no qual fez bicos e distribuiu currículos.

“Eu faço qualquer coisa, até serviços gerais. Agora mesmo pela manhã, depois da gente ficar lá com as placas, o pessoal já fez algumas ligações de proposta de trabalho. Já cheguei a fazer duas entrevistas, mas ainda não chamaram”, contou Marivaldo. Ele segue os passos do irmão, Cleverton Marinho, 41 anos, que está sem emprego há quatro meses.

“Como não estão rolando vagas de emprego, ele teve essa ideia. Há um tempo atrás ele conseguiu emprego assim. Daí ele me chamou e eu resolvi ir também. A gente foi lá para a estação, porque lá tem muito movimento de carro, principalmente por causa das empresas grandes que tem ali. A gente foi pra lá por causa disso. E também tem o horário cedo que é hora que pessoal de RH [recursos humanos] que passa pra ir trabalhar”, disse Marivaldo.

Cleverton conta que há dois anos usou essa tática e conseguiu emprego, por isso resolveu tentar novamente. “Resolvi botar essa placa para conseguir trabalho, por conta da dificuldade que a gente vem enfrentando. A gente vai no Simm [Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-obra], não consegue emprego, e as contas continuam chegando. Como eu coloquei há dois anos e deu certo, resolvi apelar para a mesma tática”, explicou Cleverton.

Assim como o irmão, Cleverton também recebeu propostas depois de mostrar a placa na estação. No caso dele, para trabalhar como motorista. “Hoje eu tive um retorno de uma empresa, vou lá daqui a pouquinho para ver as condições de trabalho. Estou na esperança. Se não der certo, amanhã estaremos de novo nas ruas, também na região do Iguatemi”. As informações são do site G1.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas