CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde
Trending

Chapada: Instituto do Rim de Itaberaba reloca atendimento para outros municípios e abre agenda para os pacientes

Os atendimentos serão relocados para a Clínica de Hemodiálise, em Irecê, e para o Instituto de Saúde, em Valença.

Em nota divulgada nesta quinta-feira (26), o Instituto do Rim de Itaberaba, município portal de entrada da Chapada Diamantina, esclarece a mudança no atendimento e informa que abrirá agendas para os pacientes. Os atendimentos serão relocados para outros municípios sendo realizados na Clínica de Hemodiálise, em Irecê, e no Instituto de Saúde, em Valença, até que seja estabelecida a fase de adequação do novo prédio, que funcionará quando estiver de acordo com a regulamentação e portarias ministeriais, resultado da análise da água, e do aval da Vigilância Sanitária.

“Entendemos o transtorno que é o aumento do deslocamento dos pacientes, já fragilizados, e estamos nos empenhando ao máximo para concluir a adequação da nova unidade, que agora só depende de fato do resultado da análise da água, e, posteriormente, do aval da Vigilância Sanitária para retomar o atendimento”, esclarece a nota. O Instituto do Rim estava funcionando normalmente em uma ala do Hospital Regional, que está passando por reforma, até que uma forte chuva no início do mês de março comprometesse as instalações. A direção emitiu uma nota esclarecendo as mudanças.

Jornal da Chapada

Veja a nota na íntegra:
Instituto do Rim de Itaberaba presta esclarecimentos à população

Fundado em 21 de novembro de 2013, o Instituto do Rim de Itaberaba atua com hemodiálise, na saúde dos pacientes renais, há 7 anos no município. Além de Itaberaba, atendemos a outras 21 cidades da região, com uma equipe de 41 pessoas, sendo 3 médicos, 19 técnicos de enfermagem, 3 enfermeiras especializadas em nefrologia, 1 nutricionista, 1 psicóloga, 1 assistente social e 13 pessoas de apoio. Sempre atuamos em parceria com o poder público, atendendo a todas as normas dos órgãos reguladores, em obediência à RDC’s e Portarias Ministeriais que regulamentam e fiscalizam nosso serviço.

Com o início da obra do Hospital Regional – um grande marco para a cidade, que celebramos junto com a gestão municipal, dada a importância desse equipamento para o povo – nossa clínica continuou mantendo o funcionamento normal, até que nossa sede fosse construída. A instalação de uma clínica de hemodiálise tem que atender a rigorosos critérios para o bem-estar do paciente, que vão desde a planta de incêndio, arquitetônica e hidráulica, até a pureza da água, que necessita ser monitorada regularmente.

A água é o principal elemento da diálise, e essa avaliação tem de ser feita em laboratório especializado e atestada pela Vigilância Sanitária. Cumprimos cada etapa dos pré-requisitos e mantivemos o funcionamento normal em uma ala do Hospital Regional, até que uma forte chuva no início de março comprometeu as nossas instalações. Ainda em fase de adequação do novo prédio, onde só podemos funcionar quando tudo estiver de acordo com a regulamentação e portarias ministeriais, tivemos que relocar nossos pacientes para outros municípios.

Diante da pandemia que acomete nosso país e o mundo, conseguimos com muito esforço abrir agenda para nossos pacientes em dois espaços: a Clínica de Hemodiálise de Irecê e o Instituto de Saúde de Valença, nesses respectivos municípios. Entendemos o transtorno que é o aumento do deslocamento dos pacientes, já fragilizados, e estamos nos empenhando ao máximo para concluir a adequação da nova unidade, que agora só depende de fato do resultado da análise da água, e, posteriormente, do aval da Vigilância Sanitária para retomar o atendimento.

Agradecemos a dedicação de nossos profissionais durante esse processo; a parceria dos municípios que atendemos; e, principalmente, a compreensão de nossos pacientes, nosso maior patrimônio. O nosso atendimento pelo SUS preza indispensavelmente pela qualidade, estabelecendo uma relação de muito carinho com nosso público. Trabalhamos incessantemente para garantir o bem-estar dessas pessoas, com responsabilidade, ética e profissionalismo.

Atenciosamente,

Instituto do Rim de Itaberaba

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas