CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Atual prefeito do município de Baixa Grande é denunciado por lavagem de dinheiro e fraude em licitação

Heraldo Miranda foi denunciado por lavagem de dinheiro, fraude em licitação, improbidade administrativa e esquema de corrupção envolvendo licitação de combustíveis.

Heraldo Miranda (PP), atual prefeito do município de Baixa Grande, na Chapada Diamantina, e também candidato à reeleição, foi denunciado ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e ao Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) por lavagem de dinheiro, fraude em licitação, improbidade administrativa e esquema de corrupção envolvendo licitação de combustíveis.

Denúncias foram protocoladas junto aos órgãos de fiscalização com uma série de documentos públicos retirados do Portal da Transparência do TCM-BA, nos quais constam mais de R$5 milhões em gastos com combustíveis (óleo diesel e gasolina), são 1.451.276,3 litros, entre janeiro de 2017 e julho de 2020, cujos pagamentos foram realizados pelo ente público municipal. O vereador Werlisson Oliveira Silva (PSD), denunciante do caso, diz que é possível verificar o abastecimento de um único micro-ônibus com um total de 59.099,3 litros de diesel durante os últimos três anos.

Segundo o parlamentar, esta seria uma média de consumo mensal suficiente para que o veículo fosse buscar alunos em Salvador (a 260 km de Baixa Grande) e voltasse ao município, durante todos os 30 dias do mês (incluindo finais de semana). Conforme as denúncias, há indícios de que os abastecimentos não estão acontecendo de fato e as notas pagas são “frias”. Isso pode sinalizar que o governo municipal tem abastecido carros particulares com dinheiro público.

A denúncia contra o prefeito de Baixa Grande questiona também um suposto superfaturamento no preço do combustível, sob a alegação de que “é possível notar que o maior preço do litro da gasolina em 2018 (R$4,99), supera o menor preço da gasolina em 2020 (R$ 3,37) […] são, pois, mais indícios de fraude a serem investigados”, disse o parlamentar denunciante. Jornal da Chapada com informações do A Tarde.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios