CidadesCulturaCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Artistas de Ituaçu fazem ‘live’ para informar sobre a importância da ‘Lei Aldir Blanc’ para a cultura

A proposta é levar informação, esclarecimento e lucidez para toda a comunidade, afim de mostrar a importância da lei para quem promove a cultura na Bahia em um momento de crise sanitária.

Em parceria com a comissão provisória de Agentes Culturais de Ituaçu, o projeto ‘Conectacult’ trará na próxima quarta-feira (3 de fevereiro), às 19h, uma roda de conversa sobre o tema ‘Importância e Desafios na Promoção da Cultura’, com representantes culturais da Bahia, bem como de Agentes Culturais do Sertão Produtivo e Chapada Diamantina. Eles explanarão sobre casos de sucesso na aplicação da ‘Lei Aldir Blanc’ (nº 14.017/2020) em seus municípios. O evento será transmitido no canal ‘Conectacult’ no YouTube. Nas últimas semanas, artistas do município chapadeiro têm enfrentado reuniões com a gestão municipal em busca do cumprimento do edital lançado em 2020.

Segundo informações, o valor do certame, total de R$162.151,60, como consta no edital, já está empenhado e os pagamentos estavam previstos para o final de dezembro de 2020. No total, foram homologados 71 cadastros desde o dia 22 de dezembro de 2020. A prefeitura ainda não realizou o pagamento para os artistas homologados. Para o idealizador do projeto e representante dos artistas na comissão de agentes culturais de Ituaçu, Vinícius Honda, a proposta é levar informação, esclarecimento e lucidez para toda a comunidade, para mostrar a importância da lei para quem promove a cultura na Bahia em um momento de crise sanitária.

“Vendo toda essa situação que está se desenrolando na ‘Lei Aldir Blanc’, que ainda não foi repassado o valor, resolvemos trazer a informação ao invés de bater de frente com o sistema. O objetivo é trazer a informação para o sistema, esclarecimento e lucidez. O diálogo é uma ferramenta importante nesse momento. A lei é relativamente nova, foi aplicada em 2020 de uma forma um tanto tempestiva por conta do cenário que todos nós agentes culturais estamos vivendo”, ressalta Vinícius Honda.

O evento on-line também contará com a presença de representantes culturais como o diretor de Cultura e Turismo do município de Nilo Peçanha, David Terra, do assistente social e produtor cultural de Planaltino, Fábio Mendes, e o músico e conselheiro territorial de Cultura, Salomão Pedro. As intervenções artísticas contarão com a contadora de histórias Rosa Griô, a cantora e instrumentista Jann Souza e a atriz e educadora Tina Tude. Em casos regionais de sucesso, o evento terá relatos do produtor e assessor cultural de Guanambi, Jardiel Alarcon, secretário de Cultura de Brumado, Paulo Sérgio, e do educador e chefe de Cultura de Barra da Estiva, Rodrigo Barreto, além de secretário de Cultura de São Leopoldo, Pedro Vasconcellos, e a produtora e gestora Cultural Membro do Observatório da ‘Lei Aldir Blanc’, Cris Alves.

“Nós, da comissão, estivemos empenhados nos últimos dias em buscar o diálogo e o discernimento para todos. Acreditamos que assim também poderemos avançar. Obviamente não deixamos de respeitar nenhum dos movimentos para que a verba da ‘Aldir Blanc’ seja repassada aos contemplados de Ituaçu, pois sabemos o quanto este período tem sido difícil para todos os agentes culturais de nossa cidade, do estado e do país – arriscaria dizer até do mundo”, completa Vinícius.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios