CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Brasil: Deputado João Roma toma posse para a pasta de Cidadania do governo Bolsonaro após polêmica envolvendo ACM Neto

“Temos muito trabalho pela frente e a grande missão de garantir a dignidade da nossa gente e melhorar a vida daqueles que mais precisam em nosso país”, diz o atual ministro em suas redes sociais.

Após nomeação ter gerado polêmica na Câmara dos Deputados, o deputado federal e ex-chefe de gabinete de ACM Neto, João Roma (Republicanos-BA), tomou posse como ministro da Cidadania, na última quarta-feira (24). O parlamentar foi para o lugar de Onyx Lorenzoni, que assume o terceiro ministério desde que Bolsonaro assumiu o Planalto. Antes de ocupar a Secretaria-Geral, ele estava na pasta Cidadania e, no começo do governo, chefiou a Casa Civil.

Em suas redes sociais o atual ministro, revela que o cargo é a maior e mais importante missão da minha vida pública. “Temos muito trabalho pela frente e a grande missão de garantir a dignidade da nossa gente e melhorar a vida daqueles que mais precisam em nosso país. Cidadania é levar o Brasil para cada brasileiro e, assim, garantir que cada um esteja preparado para as oportunidades que o crescimento econômico e a inserção produtiva do Brasil no mundo moderno podem gerar”, frisa João Roma.

Após a nomeação de João Roma para o Ministério da Cidadania, o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), que patrocinou a candidatura de Baleia Rossi, disse ao colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti que o episódio mostrava o “tamanho do caráter” de ACM Neto. O presidente do DEM, por sua vez, se disse “surpreendido” com a nomeação de Roma e afirmou que considerava “lamentável” o deputado ter aceitado o convite para ser ministro (veja aqui).

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios